Política

Lula, Lupi e Rodrigo Neves oficializam aliança

PDT confirma apoio à coligação Brasil da Esperança no segundo turno das eleições | Foto: Ricardo Stuckert

Juntos, Lula, Carlos Lupi, Gleisi Hoffmann e Rodrigo Neves participaram na tarde desta quarta-feira, 5, de entrevista coletiva em São Paulo, ocasião em que oficializaram o apoio do PDT à candidatura da coligação Brasil da Esperança à presidência da república.

O ex-presidente Lula, atual candidato à presidência, afirmou que conta com Carlos Lupi, presidente do PDT, e Rodrigo Neves, ex-prefeito de Niterói e candidato a governador pelo partido, para vencer as eleições no Rio de Janeiro. “Eu vou ao Rio e espero estar com o Lupi e com o companheiro Rodrigo, que foi prefeito de Niterói duas vezes, que foi candidato agora e teve quase 10% dos votos. Eu espero contar com os dois no palanque. Se o Rodrigo quiser me ajudar em Niterói eu ficarei muito grato. Em São Gonçalo, eu ficarei muito grato. A verdade é que a gente vai estar junto”, afirmou Lula.

Lula também brincou com Rodrigo, que terminou o primeiro turno da disputa pelo governo do estado quase sem voz. “Meu caro Rodrigo, se prepare, cuide da voz, porque na semana que vem estaremos na Cidade Maravilhosa e nas adjacências para ganhar as eleições no Rio de Janeiro e o povo voltar a sair na rua sem ter medo de ser atacado. Aí eu vou poder cantar que o Rio de Janeiro continua lindo”.

Rodrigo Neves retribuiu a fala de Lula reforçando o apoio à sua candidatura “em defesa do Brasil, da democracia e do povo brasileiro”, e usou uma metáfora numérica para combinar as legendas dos dois partidos, o 12 do PDT e o 13 do PT: “O trabalhismo agora é 12+1, Lula presidente”.

Carlos Lupi, presidente do PDT, disse a Lula “Estar ao seu lado neste momento é estar do lado da democracia e dos brasileiros que lutam por uma sociedade mais justa, mais fraterna, ao lado de quem tem o verdadeiro cristianismo”.

To Top