Polícia

Valdemar Costa Neto é preso em flagrante

Valdemar Costa Neto | Reprodução

O presidente do (PL), partido do ex-presidente Jair Bolsonaro, Valdemar Costa Neto foi preso em flagrante pela Polícia Federal na manhã desta quinta-feira (08) por porte ilegal de arma de fogo. Ele estava sendo alvo de um mandado de busca e apreensão, na operação Tempus Veritatis, que investiga a tentativa de golpe de Estado e abolição do Estado Democrático de Direito, quando foi flagrado com uma arma de fogo com registro irregular. Leia também: Ordem do STF determina que Bolsonaro entregue passaporte à Justiça +

Valdemar Costa Neto é um dos alvos de busca e apreensão da Operação Tempus Veritatis, que investiga organização criminosa responsável por tentativa de golpe de Estado para manter Jair Bolsonaro (PL) na Presidência após a derrota nas eleições de 2022, para o presidente Lula (PT).

To Top