Polícia

Polícia Federal deflagra Operação Arcanjo XVIII em Niterói

Polícia Federal

Na manhã desta quinta-feira, 21/12, a Polícia Federal deflagrou a operação Arcanjo XVIII, com objetivo de reprimir o compartilhamento e a posse de imagens (fotos/vídeos) com conteúdo de abuso e exploração sexual infantil.

Na ação de ontem, os policiais federais cumpriram um mandado de busca e apreensão, expedidos pela 2ª Vara Federal Criminal de Niterói.

 

O inquérito policial foi instaurado a partir de investigações realizadas pelo Núcleo de Repressão ao Abuso Sexual Infantojuvenil, que identificou, através de ferramentas de investigação, a prática de crimes tipificados no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) pelo suspeito e ratificadas por diligências realizadas na internet e em locais de interesse, resultando na identificação do usuário, que armazenava imagens e vídeos de cunho pornográfico infantil.

Durante cumprimento do mandado, os policiais federais localizaram imagens (vídeos/fotos) com conteúdo de abuso infantil armazenados no celular do alvo.

O investigado foi preso em flagrante e responderá por crimes previstos no ECA, além de outros crimes que porventura venham a ser descobertos ao longo da investigação.

A ação faz parte de uma série de operações desenvolvidas pela Delegacia de Polícia Federal em Niterói, e seu nome se inspirou em Miguel Arcanjo, considerado por diversas religiões como o protetor das crianças.

To Top