Polícia

PF estoura cativeiro clandestino de animais em Niterói

Foi encontrada no local estufa voltada para a reprodução e venda ilegal dos animais, além de duas armas de fogo sem registro.

Na data desta quinta-feira, 21/12, a Polícia Federal realizou uma operação conjunta com agentes do Parque Estadual da Serra da Tiririca (PESET) para cumprir mandado judicial de busca e apreensão de animais silvestres em uma residência na Região Oceânica de Niterói.

No local, policiais federais e agentes do PESET identificaram 61 animais em cativeiro clandestino, sendo 60 da espécie jabuti-piranga (Chelonoidis carbonaria) e um espécime de tartaruga tigre d’água (Trachemys dorbigni).

 

Também foi encontrada uma estufa voltada para a reprodução dos animais, onde eles chocam seus ovos, com o objetivo de posterior venda clandestina. Além disso, foram encontradas duas pistolas sem registro no órgão de controle competente.

A mulher responsável pela guarda e venda clandestina dos animais, que também estava na posse das armas localizadas, foi presa em flagrante por crime ambiental e posse irregular de arma de fogo. Ela foi conduzida até a Delegacia de Polícia Federal em Niterói e posteriormente liberada após o pagamento de fiança.

O veterinário da equipe do PESET avaliou que o local não reunia as condições mínimas para a manutenção adequada daquela quantidade de animais em cativeiro.

Os espécimes foram apreendidos pelo INEA e levados ao CETAS/IBAMA, em Seropédica/RJ, para a realização de exames.

To Top