Em alta

Braga e Niterói farão cerveja em comum durante festival em Portugal

niterói,niteroi

Malteca com fábrica Portuguesa | Divulgação

Neltur e Seden mostram em Portugal o potencial turístico e de negócios em Niterói

Oficialmente cidades irmãs, Niterói e Braga agora serão amigas e parcerias na produção de cerveja. Com sete cervejarias já com Selo Cervejeiro, concedido pela cidade de Niterói, as produtoras que se adequaram aos requisitos do município, agora começam a ter o seu produto internacionalizado. A Prefeitura de Braga convidou os Cervejeiros de Niterói para participarem do Festival Hopem Braga Beer Festival naquela cidade Portuguesa, que começa nesta sexta-feira (02) e vai até o domingo (04). O convite já é resultado do protocolo de intenções oficializado pelas duas cidades com o objetivo de fomentar negócios em comum nas áreas de gastronomia, tecnologia e turismo. A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e a Neltur – Niterói Empresa de Lazer e Turismo estão apresentando Niterói no evento, como cidade com grande potencial de turismo e negócios em diversos segmentos.

A cervejaria Malteca topou participar e acompanhado de representantes da Prefeitura de Niterói vai participar de rodadas de negócios e junto com a cervejaria Letra de Braga, farão a fórmula, de uma cerveja colaborativa, na própria fábrica em Portugal, em homenagem as duas cidades, celebrando e brindando a irmandade.

niterói,niteroi

Malteca com fábrica Portuguesa | Divulgação

“A Malteca Cervejaria elaborou uma receita que será produzida colaborativamente na Cervejaria Letra, em Braga, utilizando café torrado pelo Café Couto, também de Jurujuba. Com o café traremos um toque de brasilidade para a cerveja, produzida a quatro mãos, com a Cervejaria Letra. É uma honra, como descendente de portugueses, reafirmar os laços entre Brasil e Portugal, representando nossa cidade. Levaremos o que fazemos de melhor na nossa cervejaria para a degustação”, destaca Tatiana Faustino, diretora da Malteca Cervejaria.

O selo Niterói Cervejeiro foi criado pela Prefeitura para estimular a abertura e valorizar as fábricas artesanais e brewpubs na cidade. Niterói seguiu a tendência do mercado cervejeiro no Brasil, que cresceu 14,4%, de acordo com o Anuário da Cerveja de 2020, do Ministério da Agricultura. A cidade tem, atualmente, 78 estabelecimentos ligados à produção e distribuição de cerveja artesanal, entre cervejarias, bares cervejeiros e feiras, segundo levantamento do Programa Desenvolvimento dos Projetos Aplicados, convênio entre a Prefeitura Municipal e a Universidade Federal Fluminense (UFF). A cidade também conta com 7 fábricas de cerveja, 4 fábricas em processo de registro, 32 cervejarias ciganas, 19 bares cervejeiros, 5 associações cervejeiras, 3 startups de bebidas artesanais e 2 coletivos cervejeiros.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e a Neltur estarão acompanhando a cervejaria niteroiense e apresentarão o selo Niterói Cervejeiro, criado pela Prefeitura para estimular o setor. “A nossa participação no evento e na rodada de negócios e visita as fábricas de pescado é mais uma ratificação do acordo de cidades irmãs e a troca de informações para impulsionar e fomentar novos negócios. Nossa expectativa é de que esta parceria entre Niterói e Braga traga bons frutos para as duas cidades. Buscamos estimular a retomada econômica, com geração de empregos e renda. Haverá rodadas de negócios e também degustação da cerveja niteroiense para os portugueses já como resultado do acordo de cooperação feito entre Niterói e Braga”, diz Igor Baldez, subsecretário de Desenvolvimento Econômico de Niterói e responsável pela parceria com Braga.

niterói,niteroi

Fabrica de Conservas Matosinho em Portugal.

Já é possível solicitar e revalidar diretamente no Portal de Serviços de Niterói a concessão ou a reavaliação do Selo Niterói Cervejeiro. O selo é gratuito e foi criado pela Prefeitura de Niterói para estimular o desenvolvimento de práticas que agreguem qualidade, cultura e sustentabilidade à cerveja produzida no município. Com a novidade, pessoas ou empresas produtoras de cerveja terão mais agilidade e facilidade na solicitação e no tempo de resposta do serviço.

“Estamos vivendo um momento muito importante para o setor Cervejeiro de Niterói. É a internacionalização do setor e o fato da cidade ter sido convidada para expor o selo dando status a produção niteroiense abre caminho para as outras cervejarias da cidade e nos coloca ainda mais em evidência. A Malteca vai ser a primeira a receber o Selo após ter se habilitado através do portal da Seplag, que foi outra novidade criada pela Prefeitura para facilitar os produtores”, disse Marcelly Apolinário, presidente do Niterói Cervejeiro.

Para disponibilizar o serviço no Portal, a equipe da Subsecretaria de Modernização da Gestão, vinculado à Secretaria de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão (Seplag), promoveu melhorias de fluxo para as solicitações com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Seden), órgão responsável pelo serviço. Com esta transformação digital, o formulário de solicitação está mais organizado, com linguagem simples, informações mais completas sobre o serviço e o cidadão ainda pode acompanhar e avaliar o atendimento no site. Além disso, todos os processos internos para atender a demanda são 100% eletrônicos.

A partir da solicitação, as cervejarias passam por uma criteriosa análise que envolve uma comissão formada por representantes das secretarias municipais de Cultura, Meio Ambiente, Urbanismo, Seden, além da Niterói Empresa de Lazer e Turismo (Neltur), Grupo Executivo Caminho Niemeyer, Fundação de Arte de Niterói, Coordenadoria Geral de Eventos, Universidade Federal Fluminense e Firjan. A lista de exigências inclui mais de 50 itens, entre eles, uma política de não agressão ao meio ambiente na fabricação e a exigência de tratamento dos resíduos produzidos.

O selo é concedido às cervejarias que respeitam os valores históricos, sociais, culturais e ambientais da cidade, participam de programas de capacitação e qualificação de profissionais cervejeiros, adotam práticas sustentáveis e não agressoras ao meio ambiente e possuem visitação pública à unidade produtora de cerveja num diálogo direto estabelecido entre produtor e consumidor. São três categorias de selo, ouro, prata e bronze, que são reavaliados a cada três anos, podendo a cervejaria subir de nível a cada reavaliação. Atualmente, sete cervejarias da cidade já foram contempladas com o selo.

Certidão – Também foi lançada no Portal de Serviços a Certidão de Quitação ou Isenção das Medidas Compensatórias de Impacto Viário em empreendimentos. As certidões servem para atestar que o empreendimento está cumprindo com as obrigações de mitigação de impacto viário estabelecidas pela legislação. A Certidão de Quitação é emitida quando o empreendedor cumpre todas as obrigações previstas no licenciamento ambiental e urbanístico, enquanto a Certidão de Isenção é emitida quando o empreendimento não gera impactos significativos no trânsito da região.

Rodada de Negócios

O Presidente da Neltur – Niterói Empresa de Lazer e Turismo, André Bento, juntamente com representantes da Seden – Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Niterói, estão em missão em Portugal, nas cidades de Nazaré e Braga, para promoção turística e econômica das três cidades, fechando negócios e parcerias entre as mesmas.

Na cidade portuguesa de Nazaré, André Bento encontra-se com os representantes do governo local visando a promoção turística através das características que unem a Praia de Nazaré à Praia de Itacoatiara. Em Braga a equipe da Neltur divulga Niterói no Festival, considerado o segundo maior evento de cerveja artesanal de Portugal, no Campo das Hortas, num estande oferecido pela própria cidade portuguesa. Estão sendo promovidas também, no estande, exemplares das cervejas fabricadas em Niterói e o Caminho Cervejeiro Niterói – um roteiro turístico desenvolvido recentemente pela UFF – Universidade Federal Fluminense.

Para André Bento essa é uma grande parceria de incremento ao turismo, confirmando uma promissora parceria com as cidades portuguesas de Nazaré e Braga. “Entre Brasil e Portugal há diversas características semelhantes e complementares no campo da economia, dos esportes, da indústria e da própria atividade turística, por exemplo. Vamos à Nazaré, para alinhar as ações que iniciaremos tanto aqui quanto em Niterói, para o desenvolvimento mútuo do turismo. Entre tantas atividades, o que há de mais em comum entre os dois destinos são nossas praias com ondas grandes. É unindo à Praia do Norte, em Nazaré, através de eventos esportivos, que iniciaremos diversas ações, em breve.” Explicou o presidente da Neltur.

Na cidade de Braga, a Neltur também está dando continuidade à parceria firmada. A cidade está recebendo a Exposição Renascença, com fotografias do processo de desenvolvimento do Parque Orla Piratininga. Através dela, os portugueses estão conhecendo o trabalho inovador que está sendo feito em prol da sustentabilidade, do lazer e do turismo em Niterói.

To Top