Empreendedorismo

Nova Casa do Empreendedor de Niterói realiza cerca de 700 atendimentos em quase dois meses

Serviço auxilia pequenos e micro empresários da cidade | Fotos: Luciana Carneiro

Com quase dois meses de funcionando em novas instalações no terceiro piso do shopping Bay Market, no Centro, a Casa do Empreendedor da Prefeitura de Niterói já fez cerca de 700 atendimentos de serviços especializados para pequenos e micro empresários, como: abertura de cadastro dos microempreendedores individuais (MEIs); a alteração de dados cadastrais; a viabilidade de local para novos empreendimentos e a emissão de alvarás. Atualmente, de acordo com o Portal do Empreendedor, existem 51.875 microempreendedores formalizados no município.

Entre os serviços, a Casa também fornece esclarecimentos sobre emissão de nota fiscal eletrônica. E foi por conta da emissão desse documento que a fotógrafa Mariana Lowisy do Rosário procurou atendimento presencial nas novas instalações. Ela é microempreendedora individual há dois anos, teve uma dúvida com relação a nota fiscal e aproveitou para atualizar o Cnae (Classificação Nacional de Atividades Econômicas) que especifica em que atividade a prestação de serviço se enquadra. “Gostei muito de ter essa oportunidade de ser recebida pelos funcionários, que nos atendem rápido e com paciência e informam tudo que precisamos. Recomendo para todos os empreendedores. Hoje em dia é muito importante termos opções para empreendermos. Esses esclarecimentos vão me ajudar não só nesse trabalho, mas nos próximos que posso fazer”, disse a fotógrafa.

Mariana foi selecionada através do edital da Cultura Niterói para participar como oficineira de fotografia através do projeto “Brota Aí”, que atende a comunidade do Viradouro com atividades criativas voltadas para a fotografia, entre outras áreas.

Desde outubro de 2021, a Casa do Empreendedor estava funcionando de forma provisória na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, sede da Prefeitura. A sede no shopping passou por reforma, foi ampliado e reaberto com novas parcerias para aprimorar os serviços prestados.

“Neste momento de retomada econômica pós pandemia, é muito importante que o poder público saia em auxílio aos micro e pequenos empresários. É bom para a geração de empregos e arrecadação de impostos para o município. Faz a economia da cidade ficar cada vez mais forte”, explica o subsecretário de Desenvolvimento Econômico de Niterói, Igor Baldez, que coordenou toda a modernização da Casa do Empreendedor. “Niterói é uma cidade que se preocupa com o empreendedor e busca sempre alternativas para atender com excelência os segmentos empresariais em todas as esferas”.

Atualmente, em 24 horas, é possível formalizar uma empresa de qualquer porte, segundo Baldez, o que expande a oportunidade de formalização. Cerca de 70% dos empreendedores da cidade são de pequeno e médio porte e contam com o apoio da Casa do Empreendedor.

Além do novo espaço da Casa do Empreendedor, com instalações mais modernas, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Niterói (Seden) está desenvolvendo um aplicativo com funções variadas.

O contribuinte também pode realizar operações e acessar o portal do empreendedor utilizando QR Code. Em outra ação para melhor atender ao contribuinte, a Seden lançou a Meire, nova assistente virtual que atende pelo WhatsApp (21) 97076-0186.

To Top