Cidade

Programa de Coleta Seletiva de Niterói chega a Itaipu

Moradores não precisarão de cadastro para descartar o lixo reciclável

O bairro de Itaipu, na Região Oceânica de Niterói receberá, a partir do dia 15 de setembro, o projeto “Coleta Seletiva” da Companhia de Limpeza Urbana de Niterói (Clin), sem a necessidade de cadastro. O morador não precisa mais se inscrever para ter acesso ao projeto que está se expandindo pela cidade. A partir desta data, o serviço estará disponível todas quintas-feiras na região. Começando às 9h, um caminhão baú da Companhia irá recolher o resíduo reciclável deixado pelos moradores.

Para chamar a atenção dos cidadãos sobre a ampliação do serviço e alertá-los sobre a importância do descarte consciente, além das equipes da Clin divulgarem a expansão do projeto no bairro, a empresa também organizou duas exposições de materiais recicláveis que poderão ser vistas de 9h às 13h,no sábado (10), no supermercado Real, na Estrada de Itaipu 7000 e no mesmo horário, domingo (11), no Supermercado Maravista, na Estrada Francisco da Cruz Nunes, 2188.

“É importante divulgarmos que o projeto está chegando também a Itaipu porque é um bairro extenso e queremos que todos os moradores participem. A expansão do projeto por toda a cidade faz parte de nossa gestão voltada para ações de sustentabilidade” destacou o presidente da Clin, Luiz Fróes.

Além de Itaipu, a “Coleta Seletiva” sem a necessidade de cadastro, já chegou aos bairros de Camboinhas, São Francisco, Charitas e Itacoatiara. Mas, é bom lembrar que todos os bairros de Niterói possuem coleta seletiva em Niterói.

Também é possível fazer a entrega voluntária de resíduos recicláveis em um dos 9 ecopontos da Clin – essa última opção garante um desconto na conta de luz, fruto de uma parceria da Prefeitura de Niterói com a Enel. A empresa conta ainda com pontos de descarte de pilhas, lâmpadas, eletroeletrônicos e óleo de cozinha.

“É importante divulgarmos que o projeto está chegando também a Itaipu porque é um bairro extenso e queremos atender a todos os moradores. A expansão do projeto por toda a cidade faz parte de nossa gestão voltada para ações de sustentabilidade” destacou o presidente da Clin, Luiz Fróes

Outro projeto que vem se expandindo em Niterói é o “Clin Comunidade Sustentável” que já foi implantado em 15 pontos de diferentes comunidades. O programa – faz parte da agenda da Prefeitura para os 450 anos de Niterói – tem como objetivo aprimorar a gestão dos resíduos sólidos gerados em comunidades de difícil acesso, por meio de contêineres semienterrados, que comportam até cinco mil litros, em pontos estratégicos na parte baixa dessas áreas, em substituição às caçambas tradicionais. Os contêineres já foram instalados nas comunidades do Zulu, (Santa Rosa), Buraco do Boi (Barreto), Morro do Atalaia (Ititioca), João Nunes (Várzea das Moças), Morro da Chácara e Arroz (Centro), Jacaré (Região Oceânica, Bela Vista (Sapê) e Cantagalo.

To Top