Cidade

Niterói cercada por câmeras inteligentes

Câmeras Inteligentes | Foto: Lucas Benevides

As ruas de Niterói ganharão um reforço de mais 50 câmeras inteligentes que serão instaladas em pontos estratégicos da cidade. Elas se somarão as  522 que já monitoram o município através da vigilância 24 horas do Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp), ferramenta disponibilizada pela Prefeitura para auxiliar as forças de segurança no combate à criminalidade. Os novos equipamentos, com tecnologia de ponta, devem  ser instalados em breve na cidade, em um planejamento que inclui ruas de todas as regiões. Atualmente o cercamento eletrônico conta com 70 câmeras inteligentes.

A Secretaria Municipal de Ordem Pública, responsável pelo sistema, também colocará em prática neste semestre um pacote de medidas que inclui: boletim eletrônico de ocorrências, utilização de quadriciclos e bicicletas eletrônicas pela Guarda Municipal, além de estudar a ampliação do uso de tecnologia de ponta (Projeto Cisp 2.0), com aperfeiçoamento do software, já visando a modernização do Centro para os próximos 10 anos.

 

As ações fazem parte da estratégia do Pacto Niterói Contra a Violência, política pública de segurança do município e que conta com 18 projetos nos eixos de Prevenção, Policiamento e Justiça, Convivência e Engajamento dos Cidadãos e Ação Territorial Integrada.

O Centro Integrado de Segurança Pública completou sete anos neste mês de agosto, superando a marca de 200 mil atendimentos através do número 153, se consolidando como uma ferramenta de apoio à população para a solução das mais variadas demandas, além de ser uma importante ferramenta das forças de segurança no combate à criminalidade, com crimes elucidados e criminosos presos em ações orientadas pelos guardas municipais que operam no Cisp. “Niterói é um exemplo. A cidade se planejou, e através das ações implementadas pelo Pacto Niterói Contra a Violência, ampliamos a atuação do Cisp, unindo a tecnologia e o operacional que fica lá na ponta, com nossas equipes de rua. A população hoje sabe que tem esse apoio. Utilizamos dados consolidados para implantarmos nossas ações”, explicou Paulo Henrique de Moraes, secretário de Ordem Pública de Niterói.

Mais de 250 veículos foram recuperados desde 2019, com a implantação do cercamento eletrônico, com a orientação dos agentes do Centro Integrado de Segurança Pública, o que comprova a importância do serviço de inteligência no auxílio para a elucidação de crimes. Além disso, durante a pandemia do coronavírus, o Cisp orientou a população sobre os pontos de atendimento disponibilizados pela Secretaria Municipal de Saúde e os auxílios sociais e econômicos desenvolvidos pela Prefeitura de Niterói.

Desde 2015, o Centro Integrado de Segurança Pública ajudou na investigação e elucidação de crimes que também levaram à prisão de criminosos, presos em ações orientadas pelos guardas municipais que atuam no local. Foram mais de 2.500 exportações de imagens para as delegacias e tribunais de Justiça, com auxílio também do setor de inteligência do órgão. O trabalho do Cisp já se tornou uma referência, sendo procurado por integrantes das áreas de segurança de outros estados e municípios que visitam Niterói para conhecer os serviços oferecidos no local.

“Hoje, o Cisp está integrado às principais forças de segurança do Brasil. Registramos ações bem sucedidas com a Polícia Rodoviária Federal e Polícia Federal, apoiando esses órgãos em casos de veículos que vinham transportando drogas de outros estados. Com a Polícia Federal, por exemplo, auxiliamos em casos de assalto aos entregadores dos Correios. Vamos continuar trabalhando para servir com excelência a população de Niterói, agregando novas tecnologias, novos profissionais e trazendo mais agências para fazer parte dessa integração de sucesso”, explicou o inspetor Nilson Cunha, diretor do Cisp.

As novas câmeras, segundo ele, serão instaladas em locais que sejam avaliados como prioritários de acordo com as análises de possíveis manchas criminais. Já os quadriciculos adquiridos pela Prefeitura de Niterói já estão sendo preparados e poderão dar apoio à Operação Verão.

“Os quadriciclos serão incorporados ao patrulhamento em praias e ajudarão a monitorar os locais com mais rapidez dando um atendimento ainda melhor para a população e também integrado com o sistema do Cisp através da rapidez e tecnologia”, explicou o inspetor Paulo Brito.

Ocorrências na palma da mão

A Secretaria de Ordem Pública está adquirindo 300 aparelhos smartphone com proteção antivírus e adaptadores de motocicletas, que fazem parte da ampliação do processo de modernização que está sendo implantado com o objetivo de otimizar o tempo e facilitar o atendimento as ocorrências.

“Os guardas utilizarão os telefones e continuarão integrados ao Sistema do Cisp. Além de agilizar os atendimentos, ainda existe a questão da economia de papel colaborando para a sustentabilidade”, explica o Guarda Municipal Leandro Rodrigues responsável pelo setor de tecnologia do Cisp.

Reconhecimento de placas

Além das 522 câmeras, o Cisp conta hoje com 70 câmeras inteligentes do cercamento eletrônico. Essas câmeras são capazes de captar em segundos a placa de um veículo ou fragmentos que estejam envolvidos em algum tipo de ocorrência. Nos dois casos a placa dos veículos foi inserida no sistema de cercamento eletrônico, e o carro monitorado também em tempo real pelas câmeras do Cisp. O Município conta ainda com 10 portais de segurança nas entradas e saídas da cidade.

As novas câmeras contarão com um software de análise de inteligência e reconhecimento de placas, e serão colocadas em pontos específicos da cidade, ampliando a eficiência em áreas limítrofes da cidade o que auxiliará as forças de segurança na recuperação de veículos clonados ou mesmo que tenham sido roubados naquele momento, coordenando as ações integradas de prevenção de fluxo de automóveis e suspeitos.

O Cisp se tornou também uma importante ferramenta de auxílio à população através do número 153, cujo Call Center é operado por Guardas Municipais treinados para atendimento aos moradores em situações das mais variadas.

Na área assistencial, os agentes orientam e atendem situações como: resgate de animais, auxílio ao Samu, ordenamento urbano, trânsito, serviços operacionais da prefeitura, denúncias de posturas ou ambientais e atendimento a serviços da Companhia de Limpeza de Niterói (Clin).

O órgão também recebe, na área de delitos, denúncias ou comunicados de roubos, furtos, clonagem de veículos, atitude suspeita, apoio, averiguação preventiva, estelionato, dentre outros. Para cada ação, denúncia ou comunicado, os operadores do Call Center orientam para o órgão responsável ou o setor de inteligência passa a rastrear a situação.

O Cisp integra as forças de segurança estaduais, federais e municipais, além do Corpo de Bombeiros, NitTrans e Defesa Civil, e proporcionou a maior redução de criminalidade que já havia sido registrada na cidade nos últimos 20 anos, chegando a reduzir em mais de 80% alguns indicadores como furtos, roubo de veículos, letalidade violenta, entre outros.

Dentre as ações, a Prefeitura criou o Observatório de Segurança Pública de Niterói, a Cidade da Ordem Pública, o Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp), o Cercamento Eletrônico e o programa Niterói Presente que até 2021 era pago integralmente pela prefeitura. Além disso, houve a ampliação do Proeis na cidade; a reforma das delegacias policiais; a reestruturação da Guarda Municipal com aumento do efetivo.

O sistema do Cisp é operado por guardas municipais treinados, além da presença de um policial militar e um integrante do Programa Segurança Presente. Sempre que alguma movimentação suspeita é registrada ou as câmeras visualizam qualquer tipo de ocorrência, os agentes acionam a força de segurança mais próxima do local. O equipamento integra todas as forças de segurança estaduais, federais e municipais, além do Corpo de Bombeiros, NitTrans e Defesa Civil.

As principais ações da Prefeitura de Niterói em apoio à Segurança

– Pacto Niterói Contra Violência – Com investimento total de R$ 304 milhões, o Pacto Niterói Contra Violência conta com 18 projetos nos eixos de Prevenção, Policiamento e Justiça, Convivência e Engajamento dos Cidadãos e Ação Territorial integrada. Niterói é o único município do Estado a contar com um programa integrado deste porte, atuando em diversas áreas para auxiliar os órgãos de segurança.
– Reestruturação da Guarda Municipal, com aumento de efetivo, valorização profissional e foco na qualificação
– Criação do Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) em 2015
– Construção de Companhias Destacadas para Polícia Militar
– Inauguração da Delegacia de Homicídios de Niterói
– Construção da Cidade da Ordem Pública
– Criação do Observatório de Segurança
– Reforma de delegacias
– Estruturação do Cercamento Eletrônico, com 70 câmeras inteligentes espalhadas por locais estratégicos da cidade
– Ampliação do Proeis

To Top