Cultura

Inaugurada a Rádio Niterói Discos

O selo Niterói Discos, iniciativa cultural da Prefeitura de Niterói e administrada pela Secretaria Municipal das Culturas (SMC) e pela Fundação de Arte de Niterói (FAN), inaugurou hoje (28) a Rádio Niterói Discos. O sistema será uma ferramenta online que estimula e divulga a produção musical da cidade. A rádio está disponível no endereço www.culturaniteroi.com.br/radio.

Nos início dos anos 1990, quando o mundo ainda engatinhava na transição do vinil para o CD, o selo já buscava incentivar o artista niteroiense na busca por seu espaço na concorrida indústria fonográfica. Sob novos desafios, essa missão deve continuar.

Além do acervo do selo, que já lançou mais de 180 trabalhos, a rádio informou que abrirá espaço para todos os artistas nascidos ou de alguma forma vinculados à Niterói. Muita música, ‘podcasts’ e entrevistas farão parte da programação voltada ao público e aos artistas locais, mas que pretende também levar, por meio das ‘ondas digitais’, nossa produção cultural a todo o mundo.

“A ideia é levar, por meio das ‘ondas digitais’, a produção musical tão peculiar de Niterói para todo o mundo. Estamos muito felizes com este lançamento, que valoriza os nossos artistas e proporciona mais um entretenimento ao público. A Rádio Niterói Discos reafirma a importância de resguardar a produção musical de nossa cidade, se propõe a ser uma plataforma dedicada a nossa memória e ao nosso futuro”, afirma Marcos Sabino, Presidente da Fundação de Arte de Niterói.

Marcos Sabino, Presidente da Fundação de Arte de Niterói e Tavinho Torreão, Diretor da Niterói Discos

“Do LP ao CD, do MP3 às plataformas de streaming que acessamos pelo celular. A forma de produzir e ouvir música sofreu uma verdadeira revolução. É preciso, então, olhar para essas transformações de forma inovadora, oferecendo ferramentas que estimulem artistas nesse mundo digital”, explica o diretor da Niterói Discos, Tavinho Torreão. “Um espaço democrático e interativo a ser ocupado pelas diferentes manifestações artísticas, trazendo o selo aos novos tempos e ampliando seu papel original às novas formas de se fazer e de se propagar, por meio da música, as linguagens artísticas”, completa ele.

To Top