Ato repudia modo como o Governo Federal tratou a crise sanitária desde seu início - Niterói
País

Ato repudia modo como o Governo Federal tratou a crise sanitária desde seu início

A emoção marcou a reunião desta segunda-feira (18) da CPI da Pandemia no Senado Federal. Parentes de vítimas da covid-19 relataram suas experiências durante a crise sanitária, levando os presentes, em diversos momentos, às lágrimas. O gramado em frente ao Congresso Nacional, ganhou, nesta segunda também, um grande varal com 600 lenços brancos. A instalação feita pela ONG Rio de Paz, simboliza os mais de 600 mil mortos pela covid-19 no Brasil. Os mesmos lenços foram expostos na Praia de Copacabana, no início deste mês. Assista a fala do fundador da ONG Rio de Paz, teólogo e jornalista, Antonio Carlos Costa, na CPI da Pandemia:

“Estamos em Brasília com a nossa manifestação no gramado do Congresso Nacional. Penduramos 600 lenços brancos representando os mais de 600 mil brasileiros mortos nesta pandemia. O ato também será em repúdio ao modo como o Governo Federal e parte da sociedade vem tratando a crise sanitária desde seu início. Após a manifestação, que termina 11h, o taxista Márcio Antonio entregará os lenços ao senador Randolfe Rodrigues, vice-presidente da CPI.” disse a ONG Rio de Paz em nota publicada nas redes sociais.

To Top