Com onda de frio, Niterói Solidária reforça arrecadação de agasalhos - Niterói
Cidade

Com onda de frio, Niterói Solidária reforça arrecadação de agasalhos

Assistência social intensificou ações de abordagem da população em situação de rua para oferecer abrigo

A Campanha Niterói Solidária está intensificando a campanha de arrecadação de agasalhos que serão entregues às instituições cadastradas através de chamamento público pela Prefeitura de Niterói. Também poderão ser doados gorros, cobertores, luvas e demais artigos de frio – desde que estejam em bom estado de conservação – para que as pessoas mais carentes da cidade possam passar por esse período de frio intenso na cidade. Os itens poderão ser entregues nos pontos de vacinação contra a Covid-19 do município, que também recebem doações de alimentos e produtos de higiene e limpeza.

A primeira-dama do município, Christa Vogel Grael, que coordena voluntariamente a Niterói Solidária, ressalta que qualquer pessoa pode ir até um desses pontos doar, não somente quem está se vacinando. “Mais uma vez, os niteroienses têm demonstrado empatia e amor ao próximo. Estávamos recebendo muitas demandas da população por uma campanha como essa. Decidimos unir esforços e expandir a atuação da Niterói Solidária para a arrecadação de agasalhos também. Estamos passando por um período de baixas temperaturas e muitas famílias em situação de vulnerabilidade não têm o básico para se aquecer, situação que se agrava com a pandemia. Convido cada niteroiense a entrar nessa corrente do bem. Aquele agasalho que não tem mais utilidade para você pode aquecer o corpo e o coração de alguém”, pontua.

As equipes que estão trabalhando nos postos de vacinação vão continuar recebendo alimentos não perecíveis. Criada em abril, a Niterói Solidária já arrecadou 45 toneladas de alimentos e incentiva a doação de sangue para o Hospital Universitário Antônio Pedro (Huap).

Assistência Social

A Prefeitura de Niterói está realizando uma ação intensificada das equipes de abordagem nas ruas dos bairros que concentram a maior parte da população em situação de rua na cidade. O objetivo é oferecer acolhimento emergencial nesses dias de frio intenso e, posteriormente, os serviços dos equipamentos da Secretaria Municipal de Assistência Social e Economia Solidária para aqueles que demonstrarem interesse. Entre ontem e hoje, 54 pessoas aceitaram ser acolhidas.

Niterói possui uma rede de atendimento para população em situação de rua que conta com equipes de abordagem social especializada, Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop) na (Rua Coronel Gomes Machado, 259 – Centro) e cinco unidades de acolhimento (abrigos). Para pessoas com mais de 60 anos, há encaminhamento para vagas nas Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI).

A Secretaria ampliou as vagas em acolhimento com a contratação de hospedagem em hotel – aumento de 60% das vagas. Os hotéis e centros de acolhimento têm, juntos, 190 vagas para pessoas em situação de rua. O projeto de acolhimento emergencial em Hotel Popular, desde a sua contratação em abril de 2020, já atendeu 687 pessoas em situação de rua.

Outra iniciativa, realizada em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, é o Consultório de Rua, que vai fazer o acompanhamento do estado de saúde dos acolhidos. Para quem tem animais, a parceria feita com a Coordenadoria Especial de Direitos dos Animais, permite que os animais sejam levados a um local seguro e com alimentação durante esse período emergencial até serem devolvidos aos seus donos.

Confira os endereços dos pontos de arrecadação:
– Policlínica Sérgio Arouca – Rua Vital Brazil Filho, s/nº – Vital Brazil.
– Policlínica Dr. João da Silva Vizella – Rua Luiz Palmier, 726 – Barreto.
– Policlínica Regional de Itaipu – Avenida Irene Lopes Sodré – Itaipu.
– Policlínica Regional Carlos Antônio da Silva – Avenida Jansen de Melo, s/nº – São Lourenço.
– Policlínica Regional Doutor Guilherme Taylor March – R. Desembargador Lima Castro, 238 – Fonseca.
– Policlínica Regional de Piratininga Dom Luís Orione – Rua Dr. Marcolino Gomes Candau, 111– Piratininga.
– Policlínica Regional Dr. Renato Silva – Avenida João Brasil, s/nº – Engenhoca
– Drive thru na Universidade Federal Fluminense – Campus Gragoatá – Rua Alexandre Moura, 8 – São Domingos.
– Posto volante no Clube Central: Av. Jorn. Alberto Francisco Torres, 335 – Icaraí
– Posto volante no Colégio Gomes Pereira: Av. Rui Barbosa, 1250 – Largo da Batalha
– Posto volante no Campo de São Bento: Centro Cultural Paschoal Carlos Magno – Icaraí

Doação de sangue:
Hospital Antônio Pedro. Avenida Marquês do Paraná, 303, Centro de Niterói.

To Top