Concurso Arariboia de Educação Ambiental é lançado em Niterói - Niterói
Educação

Concurso Arariboia de Educação Ambiental é lançado em Niterói

Objetivo é ampliar a compreensão de responsabilidade socioambiental e incentivar projetos educacionais. Os dois melhores trabalhos serão premiados

Em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, a Secretaria Municipal de Educação (SME) e a Fundação Municipal de Educação de Niterói lançaram o Concurso Arariboia de Educação Ambiental. A iniciativa tem como objetivo ampliar a compreensão dos estudantes sobre a responsabilidade socioambiental e incentivar projetos educacionais a partir de trabalhos realizados pelos profissionais nas unidades escolares. Ao fim do projeto, serão premiados os dois melhores trabalhos, um do Ensino Fundamental e um da Educação Infantil.

“A Rede Municipal de Niterói conta com profissionais qualificados que fazem um trabalho brilhante em nossas escolas. Muitos deles já ensinam aos alunos sobre a importância da preservação ambiental e de responsabilidades socioambientais. Com o concurso, vamos ampliar esse trabalho e ainda premiar iniciativas que estão em consonância com a agenda de sustentabilidade do município”, afirmou o secretário de Educação, Vinicius Wu.

As regras do concurso serão explicadas em um edital que será lançado em breve. As escolas participantes vão desenvolver os projetos com seus alunos com base nos objetivos elencados no documento. A iniciativa é de autoria da Subsecretaria de Projetos Transversais, Cooperação e Articulação Institucional, por meio da Coordenação de Educação em Sustentabilidade, Esporte e Saúde.

“Buscamos incentivar as novas gerações a refletir sobre as suas relações com a natureza e assumir o protagonismo do seu futuro. Além disso, estamos animados por valorizar as práticas pedagógicas da nossa rede municipal e por darmos mais um passo em prol de uma educação para a vida”, disse o subsecretário Thiago Risso.

Projeto carbono neutro

A Secretaria Municipal do Clima e a Secretaria Municipal de Educação de Niterói lançaram, na última semana, o projeto da primeira escola municipal de carbono neutro da cidade na Escola Municipal Professor Marcos Waldemar de Freitas Reis, em Itaipu. A ideia é que a unidade receba ações de mitigação dos gases de efeito estufa e gestão eficiente de resíduos. O carbono neutro é uma espécie de balança ecológica. Por exemplo, se uma empresa queima determinada quantidade de gases do efeito estufa durante seu processo de produção, ela deverá compensar o desequilíbrio neutralizando uma quantidade semelhante de gases presentes na atmosfera. A unidade escolhida fica próxima da Lagoa de Itaipu, uma localização emblemática para o tema.

To Top