Redução dos roubos de rua em Niterói ultrapassa 40% na comparação com 2020 - Niterói
Cidade

Redução dos roubos de rua em Niterói ultrapassa 40% na comparação com 2020

Por Deborah Carrolo

Iniciar o dia praticando atividade física na orla de Icaraí, em Niterói, faz parte da vida dos moradores da região. Com vista para o Pão de Açúcar, o local convida para a prática de esportes ao ar livre. Mas o bem-estar dos habitantes de Niterói não está só na paisagem. A segurança, também, é outro destaque para os frequentadores da via.

Morador da região e esportista diário, o servidor público Jorge José dos Santos Vianna (FOTO), de 66 anos, fala com entusiasmo da segurança do local. “Eu, como frequentador assíduo da orla de Icaraí, posso afirmar que vejo a melhoria no local. Não vejo mais furtos e roubos de celulares e bolsas, que eram constantes aqui, principalmente contra mulheres. Hoje, venho para a orla fazer exercício físico despreocupado se vou ser assalto no caminho. Acredito que fruto dessa redução seja também o Programa Niterói Presente. Sempre os vejo aqui, além de estarem muito bem equipados com vans, motos e bicicletas. O morador de Niterói voltou a viver em paz” declara Jorge José.

E os números não mentem: de acordo com dados do Instituto de Segurança Pública (ISP), os crimes de roubo de rua tiveram uma redução de 42%, de 233 para 136 casos, no comparativo de fevereiro de 2020 com fevereiro de 2021. A redução foi detectada nas cinco delegacias da cidade: 76ª DP (Centro), 77ª (Icaraí), 78ª (Fonseca), 79ª (Jurujuba) e 81ª (Itaipu). A queda mais acentuada ocorreu na Zona Sul, atendida pela 77ª, que registrou oito ocorrências: seis vezes menos do que as 47 de fevereiro de 2020.

A consequência da redução dos números é a cooperação entre as forças locais: Polícia Militar, Polícia Civil e Niterói Presente. O Comandante do 12º Batalhão de Polícia Militar, Coronel Sylvio Ricardo Ciuffo Guerra, explica como funciona essa parceria entre as instituições.

“O trabalho feito aqui em Niterói é em conjunto, diante de uma integração que eu modifiquei desde que assumiu o comando. Toda sexta-feira nós temos reuniões com o Niterói Presente para fazermos todo o planejamento de policiamento na região. Além dos delegados da região serem integrados conosco, inclusive realizando operações em conjunto” afirma o coronel.

O capitão Wellington Cândido Moreira Junior, coordenador do Niterói Presente, também enfatiza essa parceria com o Batalhão de Polícia da região.

“Nas reuniões semanais, nós fazemos o alinhamento sobre a posição do policiamento, analisando as manchas criminais. Um complementa o outro. Além disso, nos meses de dezembro e janeiro deste ano não tivemos nenhum roubo de celular em Niterói” conclui o capitão.

A Polícia Civil também ganha participação na redução da criminalidade em Niterói. O delegado Titular da 76ª DP (Centro), Luiz Henrique Marques Pereira, ressalta a parceria constante das forças policiais no local.

“Com o trabalho em conjunto podemos perceber a redução dos índices de violência da região, sobretudo os roubos de rua. O Niterói Presente está sempre nas delegacias, com isso gerando um resultado positivo para a cidade” finaliza o delegado.

To Top