Vacinas produzidas na Fiocruz serão liberadas diretamente para o RJ - Niterói
Saúde

Vacinas produzidas na Fiocruz serão liberadas diretamente para o RJ

As vacinas contra Covid-19 do laboratório Oxford/Astrazeneca serão liberadas de forma mais rápida ao Estado do Rio de Janeiro. A partir da solicitação do Governo do Estado, a próxima remessa dos imunizantes produzidos na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), ficará diretamente na capital para serem distribuídas aos 92 municípios. O pedido foi aceito pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, durante encontro com o secretário de Estado de Saúde, Carlos Alberto Chaves, nesta quinta-feira (08). Com essa decisão, os lotes destinados ao Rio de Janeiro não precisarão mais passar pelo Centro de Distribuição do Ministério da Saúde, em São Paulo.

“Temos trabalhado intensamente para levar a vacina a todos os cidadãos fluminenses, de forma cada vez mais ágil, e com segurança. A operação logística desenvolvida tem servido de exemplo e sido aprimorada a cada remessa enviada. Proteger a população é o nosso compromisso” afirma o secretário Carlos Alberto Chaves.

O ministro Marcelo Queiroga reforçou a importância de dar agilidade ao processo de vacinação: “Recebemos positivamente o pedido do Estado do Rio de Janeiro, pois entendemos que esta liberação irá contribuir ainda mais com a agilidade do processo de distribuição das vacinas para os 92 municípios. O Ministério da Saúde tem o compromisso de fazer uma ampla vacinação no Estado do Rio de Janeiro, assim como em todo o país.”

Doses enviadas

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) realizou, nesta sexta-feira (09), a 12ª entrega de vacinas contra Covid-19 aos 92 municípios do estado. Foram distribuídas 431.900 doses, sendo 195.400 mil de CoronaVac e 236.500 de Oxford/Astrazeneca.

To Top