Codim de Niterói comemora com debate o Dia da Mulher Negra

A Coordenadoria de Políticas e Direitos da Mulher (Codim) de Niterói realizou, nesta quarta-feira (25), um debate sobre a participação da mulher negra na sociedade. O evento, que marcou o Dia da Mulher Negra, instituído pelo Governo Federal em 2014, contou com a presença da primeira-dama Fernanda Sixel, coordenadora do Movimento Niterói Mais Humana.

“O Brasil tem 49 milhões de mulheres negras e precisamos reforçar nossa luta contra o racismo e contra a violência sofrida pelas mulheres, com o envolvimento do poder público e de toda a sociedade”, disse a coordenadora da Codim, Ana Lúcia Fernandes, destacando que o órgão, que apoia mulheres vítimas de violência na cidade, atende a cerca de cem pessoas por mês.

Ana Lúcia explicou que a Codim tem como papel fundamental contribuir para a promoção da equidade de gênero, através da implantação de políticas públicas que efetivem os direitos humanos das mulheres e reforcem a sua cidadania, superando as situações de desigualdades vivenciadas pela mulher na sociedade.

“Venho reforçar o apoio incondicional pela luta das mulheres por seus direitos. A administração municipal tem buscado o diálogo e vem ouvindo todos os movimentos sociais”, ressaltou a primeira-dama. Antes de discursar, Fernanda Sixel pediu um minuto de silêncio em homenagem a vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco, assassinada em março. “A Marielle era uma mulher negra, vítima da violência, que se tornou símbolo da luta pelos Diretos Humanos”, disse.

Fotos: Bruno Eduardo Alves

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Inline