Tio Sam Camboinhas é primeira academia a aceitar Bitcoins

A academia Tio Sam Camboinhas, em Niterói, é a primeira academia do Brasil a aceitar pagamento em Bitcoins. Desde que 2018 começou as notícias sobre empresas que aceitam a criptomoeda é frequente, mas o Rio ainda caminha devagar na lista de serviços que usam o mecanismo virtual para pagamento de contas.
 
Criado para ser utilizado como qualquer outra moeda, a diferença mais percebida do Bitcoin está na forma como lidamos com o dinheiro atualmente. Se estamos acostumados a gastar em papel moeda e cartões, dessa vez ela existe apenas no meio digital – para usar, é preciso uma senha criptografada. Em termos práticos, não é palpável, não existe no mundo físico, mas pode, sim, ser usado em qualquer transação financeira – ao menos na teoria.
 
Antonio Ricardo Kalil, sócio da Tio Sam e consultor financeiro, CEO da Ark International, conta que a decisão de iniciar a nova operação na academia com as criptomoedas se baseou em antecipar um tipo de transação que todas as empresas alinhadas com a era digital terão que, um dia, fazer. “Os bitcoins representam o futuro para os meios de pagamentos. Temos uma base de clientes de perfil antenado e moderno. Por isso, a Tio Sam, como empresa inovadora que é, decidiu sair na frente e oferecer mais esta opção de pagamento para o cliente”, explica. 
 
A aceitação do pagamento com bitcoins na Tio Sam vai começar em fevereiro, e poderá ser feita para a quitação das mensalidades. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inline
Inline