CIDADE: Túnel Charitas-Cafubá terá primeiro teste de ônibus na terça-feira

banner01

anuncie

CIDADE – A primeira travessia de ônibus no túnel Charitas-Cafubá será realizada ainda este mês. O teste da pista do BHS (sigla, em inglês, para ônibus de serviço de alto nível) – primeira a ser implantada na América Latina – da galeria Luís Antônio Pimentel está previsto para a próxima terça-feira (27/9). Ainda segundo o cronograma da obra, a embocadura de Charitas das duas galerias será concluída no sábado (24/9). O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, visitou as obras na tarde de ontem (20/9).

“O cronograma das obras está sendo rigorosamente cumprido. Fico muito orgulhoso porque superamos mais de 50 obstáculos e estamos realizando esta obra com êxito, tirando do papel um projeto que era prometido havia mais de 40 anos e que muda a mobilidade urbana de Niterói, promovendo um desenvolvimento mais integrado e sustentável da cidade para as próximas décadas”, explicou o prefeito, reforçando que não haverá cobrança de pedágio no local.

Acompanhado dos secretários de Urbanismo e Mobilidade, Verena Andreatta; de Conservação e Serviços Públicos, Dayse Monassa; de Obras e Infraestrutura, Vicente Temperini; e do diretor da Empresa Municipal de Moradia, Urbanismo e Saneamento (Emusa), Lincoln da Silveira, Rodrigo percorreu toda a extensão das duas galerias e conversou com engenheiros e trabalhadores. O túnel está recebendo a implantação do guard rail, do sistema de ventilação e de monitoramento por câmeras, além da iluminação.

O prefeito destacou que, na segunda-feira, o trecho 5 da TransOceânica, que vai do DPO do Cafubá ao Shopping Itaipu MultiCenter, foi reaberto ao trânsito.

“Este era o trecho mais complexo e que gerava mais transtornos ao trânsito e conseguimos concluir a obra em apenas dois meses – metade do tempo previsto inicialmente. Isso já melhorou muito a circulação naquela região. A TransOceânica é a obra mais importante de infraestrutura e mobilidade urbana da história de Niterói e é um dos investimentos da Prefeitura na qualidade de vida dos niteroienses”, concluiu Neves.

Com 1,3 quilômetro cada um, as galerias Luís Antônio Pimentel e João Sampaio terão duas faixas para veículos, uma para o BHS e uma para ciclovia, e fazem parte do corredor expresso da TransOceânica, que terá 9,3 quilômetros de extensão, vai atender a 11 bairros da Região Oceânica e transportará cerca de 80 mil pessoas por dia.

A previsão é que os ônibus farão em 25 minutos o trajeto do Engenho do Mato até Charitas, passando por 13 estações e se integrando à estação de barcas de Charitas. Atualmente o percurso é feito em mais de uma hora.

0001

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *