Niterói, Rio, Maricá e Itaguaí terão calendário unificado de vacinação - Niterói
Cidade

Niterói, Rio, Maricá e Itaguaí terão calendário unificado de vacinação

Os municípios de Niterói, Rio, Itaguaí e Maricá anunciaram em coletiva transmitida pelas redes sociais nesta quinta-feira (1º de Abril) que terão calendário unificado de vacinação. O calendário unificado de vacinação que será adotado nas cidades começa a partir do dia 26 de abril. A prefeitura de Niterói informou que o calendário de vacinação atual da cidade, que cobre pessoas a partir de 60 anos, será alterado, pois acontecerá uma aceleração do processo de imunização. Os prefeitos de Niterói, Axel Grael, do Rio, Eduardo Paes, de Itaguaí, Rubem Vieira e de Maricá, Fabiano Horta explicaram que os municípios vão seguir as regras do Programa Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde, que prevê a vacinação de pessoas com comorbidade antes dos grupos profissionais.

O calendário unificado será para pessoas com idade entre 59 e 45 anos desde que façam parte dos seguintes grupos prioritários: portadores de comorbidades ou deficiência permanente, trabalhadores da saúde, educação, serviços de limpeza urbana, policiais civis e militares, guardas municipais, bombeiros e agentes penitenciários em atividade.

As comorbidades consideradas para a vacinação, que deverão obedecer a tabela de idade, são aquelas incluídas na lista do Programa Nacional de Imunizações (PNI): diabetes mellitus, hipertensão arterial grave, doença pulmonar obstrutiva crônica, doença renal, doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, indivíduos transplantados de órgão sólido, anemia falciforme, câncer e obesidade grave. O portador dessas comorbidades deverá apresentar atestado de seu médico confirmando a condição de saúde.

O prefeito Axel, comentou nas redes sociais, “Os critérios unem comorbidade ou profissão + idade. Essa é mais uma frente que abrimos nesta batalha pela vida. É muito importante buscar a maior integração possível entre as cidades para se ter mais eficiência neste grande desafio.”

O cronograma de vacinação foi elaborado conforme a previsão de chegada de novas remessas das vacinas contra o coronavírus que deverão ser enviadas pelo Ministério da Saúde para os municípios. Para a ampliação do calendário para outros grupos, as prefeituras dependerão de envios futuros de doses.

Confira o calendário divulgado abaixo:

Em atualização…

To Top