Investimentos entre amigos de Niterói se consolida como empresa e cresce mais de 400% durante a pandemia

Empresa de investimentos alternativos e precatórios cresce na contramão do mercado

A Multiplx é uma empresa especializada em cessão de direitos creditórios, que nasceu através de uma espécie de clube de investimentos realizado entre amigos, em Niterói. Com atuação desde 2017, seus integrantes – provenientes do mercado financeiro, advogados e investidores em geral – perceberam que os precatórios, além de ser legal e amparado pela Constituição Federal e proporcionar alta rentabilidade e liquidez regulares, eram mais do que isso: um investimento juridicamente seguro.

No entanto, o negócio que amadurecia necessitava de uma estrutura e assessoria jurídica eficazes e full time, pontos imprescindíveis para o investimento. Foi aí que, em 2019, nasceu a Multiplx, uma empresa que aliou gestão financeira eficiente e lucrativa, ao amparo jurídico especializado para este tipo de investimento.

Os sócios, todos niteroienses, Marcos Paulo Curcio, especialista no mercado financeiro, com mais de 25 anos de atuação em instituições financeiras, Fernanda Rodrigues, com 26 anos de mercado e expertise em Direito Administrativo na área pública, e Leony Matos, engenheiro e responsável pela área financeira, arregaçaram as mangas e colocaram a cessão de direito creditórios no estado do Rio como um investimento que vem fazendo história no mercado financeiro: a Multiplx vem obtendo crescimento exponencial (dobrando de tamanho desde 2017). Em meio à pandemia e à crise que se assolou no mercado de investimentos, a empresa se destacou com mais um feito: obteve um aumento de 400% de suas negociações, nos meses de março, abril e maio de 2020, ultrapassando o patamar de R$ 40 milhões em volume negociado, com histórico médio de até 50% de rentabilidade anual e quase 200 investidores.

De acordo com Marcos Paulo Curcio, o aumento nos precatórios negociados, nestes meses, se deve a dois fatores. “Com a taxa Selic baixa, os investidores buscam formas alternativas de rentabilidade para seus investimentos. E, por outro lado, também houve a necessidade dos beneficiários de precatórios se desfazerem dos mesmos por conta da crise financeira e necessidade de liquidez”.

A cessão dos precatórios e direitos creditórios também contribui muito para que o dinheiro circule pela economia, pois ao sair dos bancos para as mãos dos cedentes, os mesmos o utilizam para os mais diversos fins, se tornando uma espécie de instrumento legalizado de distribuição de renda.

A Multiplx conta com profissionais com ampla experiência em precatórios, auxiliando em todas as fases do processo, desde a negociação inicial com o cedente, até o efetivo recebimento do crédito pelo investidor.

Precatório é uma requisição de pagamento de valores devidos pelo ente público (União, Estado, município, suas autarquias ou fundações), após decisão judicial definitiva e condenatória, que possibilita à parte vitoriosa da ação judicial receber o crédito da condenação. Essa forma de investimento, amparada pela Constituição Federal, autoriza o credor ceder, total ou parcialmente, seus créditos em precatórios a terceiros, independente da concordância do devedor.

Após realizada a cessão, é necessária a comunicação ao tribunal de origem para ciência à entidade devedora e habilitação dos investidores no processo. Por isso, uma empresa sólida, que acompanhe todas as etapas do negócio jurídico e que entenda as melhores oportunidades financeiras, é fundamental para o sucesso na operação e sua consequente rentabilidade

 

Planos de crescimento e expansão

Atualmente, a Multiplx atua no TRF2 e Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, em direitos creditórios e precatórios de verbas federais, estaduais e municipais.

Ainda para 2020, as expectativas para continuar crescendo são altas. A empresa acredita que o mercado seguirá aquecido, pois, com a pandemia, os cedentes tendem a fazer caixa para suprir necessidades básicas de sobrevivência, já que o Estado e as prefeituras não conseguem pagar os precatórios em seus anos de orçamentos previstos.

“Isso acaba gerando oportunidades para investidores que podem aguardar o recebimento no futuro, obtendo, com isso, um deságio sobre o valor de face, além de rentabilidades de até IPCA+0,5%am em precatórios de orçamentos vencidos”, avalia Marcos Paulo Curcio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *