Evento reúne mulheres inspiradoras em Niterói - Niterói

Evento reúne mulheres inspiradoras em Niterói

Siga o Instagram que mais cresce em Niterói! Link: @cidadedeniteroi

Sob o lema “focar no que nos une”, o grupo Somos Empreendedoras reuniu no Museu de Arte Contemporânea de Niterói, na manhã da última quarta-feira (13), mais três comunidades representativas do empreendedorismo feminino: Mulheres do Brasil, Rede Mulher Empreendedora e Mães Empreendedoras de Niterói. Intitulado “Somos Todas Empreendedoras”, o encontro proporcionou conhecer um pouco desses trabalhos voltados para o coletivo de mulheres e, também, a experiência profissional de duas mulheres inspiradoras. Thatiana Amorim, da Dress to, e Paula Quaresma, da Beira Mar, protagonizaram um bate-papo descontraído, intermediado por Taiana Jung, da Logos Consultoria.

Foto: Adriana Oliveira

Perante um auditório composto por um público estimado de 80 mulheres, Graciele Davince, do Eletrofrigor, falou sobre o quanto se caminhou na busca da independência pessoal, profissional e, sobretudo, emocional. Em tempos nos quais as mulheres tinham que pedir permissão até para estudar e votar, ela realçou com essa retrospectiva a evolução conquistada. No retrato histórico da empreendedora também não poderia ficar de fora o drama vivido por 129 operárias grevistas que lutavam por melhores condições de trabalho e foram queimadas vivas durante o incêndio em uma fábrica em Nova Iorque, nos Estados Unidos. Foram acontecimentos como esse que originaram o dia Internacional, comemorado todo ano no dia 08 de março. “A luta é grande e contínua. E hoje nós temos que comemorar o que essas mulheres conquistaram para a gente”, propõe Graciele.

Durante a conversa mediada por Taiana Jung, da Logos Consultoria, Thatiana Amorim contou como foi sua trajetória até a consolidação de uma marca bem-sucedida, com 60 lojas e vendas para 500 multimarcas. “Fazendo o caminho de volta ao passado”, ela lembra da sua inclinação para venda e, sobretudo, da vontade de trabalhar em loja. Aos 14 anos, já atuava como vendedora em uma loja de surfwear. Foi quando, de um modo ousado como conta, decidiu que faria suas próprias roupas e venderia para as amigas da faculdade. O Mercado Mundo Mix selou o destino da Dress to alavancando-a para o sucesso, através da encomenda de alguns estilistas que acreditaram no valor da marca. E esse foi o início de tudo. Abrindo um parêntesis sobre o passado, Thati, como é chamada, faz algumas considerações. “Acho que era mais atirada, não tinha medo. Eu acreditava e seguia em frente”, reflete. O fato é que o ímpeto e a crença de que tudo é possível quando existe uma determinação e um propósito foram agentes determinantes para a vitória dessa mulher que, no auge de seus 46 anos, e com quatro filhos ainda consegue reservar um tempo para cuidar da saúde e tornar-se uma maratonista. Seu depoimento sincero e despojado foi o que mais encantou as mulheres que lotaram o auditório do MAC.

Foto: Adriana Oliveira
O relato seguinte de Paula Quaresma, da Beira Mar, manteve a mesma energia positiva e demonstrou que as dificuldades existem em qualquer nível social e hierárquico. Neta de um dos empresários mais conceituados de Niterói, Gentil Moreira de Souza, e ainda muito jovem foi “picada” pelo mosquito do empreendedorismo. O início poderia ter sido difícil, partindo princípio de que é a “neta do dono”, mas ela não se fez de rogada e buscou o seu espaço dentro do negócio, que, como destacou, pode ser considerado o “quintal de casa”. “Nas minhas férias eu já trabalhava na Beira Mar, empacotando, contava ticket, ganhava sorvete…”, se recorda com carinho. Para Paula, empreender não é fácil em qualquer circunstância, mas, quando você já tem esse sentimento de mudança dentro de você, de querer fazer melhor é um pressuposto para as coisas darem certo. No entanto, ela lembra que teve que conquistar o seu espaço e, nesse caminho, se despojar de sentimentos que poderiam atrapalhar o seu aprendizado, como o medo ou a vergonha de não saber as coisas. O mais curioso é que, nos tempos em que cursava a faculdade de Administração, o nome do comércio passou a ser seu sobrenome e Paula Quaresma virou Paula “da Beira Mar”. E, como ela diz, para entrar de cabeça no trabalho foi preciso encarar um momento complicado, ao que chamou de “virar uma chave”. Em uma empresa familiar, já consolidada, a jovem passou a ter como chefes o avô e a mãe (Maria Célia) e, para isso, teve que mudar completamente a sua postura, sobretudo em relação à vestimenta. “Eu ia de short tomar sorvete e trabalhar de brincadeira nas férias”, destacou. E, nesse momento, lembra das inúmeras cobranças. Mas, hoje ela comanda a Beira Mar/Beira Mar Home por seu mérito e dedicação em aprender todo o processo que envolve o negócio.
Após ouvir essas histórias encantadoras, Taiana conduziu a plateia para um segundo momento, onde cada uma das gestoras – Andréa Carvalho (Mulheres do Brasil), Erika Blaudt (Mães Empreendedoras de Niterói), Maria José Fróes Feres (Rede Mulher Empreendedora) e Thaís Garcia (Somos Empreendedoras) – falaram das peculiaridades do seu grupo. Entraram na pauta do dia os princípios motivadores da criação do coletivo de mulheres e as principais ações e projetos que norteiam o grupo. O momento foi ímpar para que as participantes pudessem perceber o valor em apoiar iniciativas como essas que passam pela valorização das conquistas das mulheres até os dias atuais. Como disse Taiana, em uma frase para estimular a reflexão de todas: “qual o legado que deixaremos para as mulheres daqui a 100 anos?”.
Foto: Adriana Oliveira

Quem é o Somos Empreendedoras

A ideia em criar um grupo de empreendedorismo feminino partiu da consultora de imagem Jacke Helud, quando esta ainda residia em Curitiba-PR. Quando chegou a Niterói teve a oportunidade de conhecer cinco empreendedoras que deram corpo ao seu ideal de união entre mulheres. São elas a arquiteta Carol Siggelkow; a coach Aline Bernardes; a empresária Lívia Ressiguiern; a diretora da Confeitaria Beira Mar, Paula Quaresma, e a designer de interiores Paula Motta. Nascia então, em 2018, o Somos Empreendedoras, hoje sob a gestão de Taiana Jung, da Logos Consultoria; Thaís Garcia, da Printmill; Graciele Davince, da Eletrofrigor, e Vivian Fróes, da Life Card.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *