Polícia

Computador da Abin apreendido pela PF estava em casa de servidora, e não na de Carlos Bolsonaro

Vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos), do Rio de Janeiro (Crédito: Renan Olaz/CMRJ)

29 de jan de 2024 às 10:29 | Atualizado 20:33

Os agentes da Polícia Federal encontraram e apreenderam um computador da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) na operação que tem como alvo o vereador do Rio, Carlos Bolsonaro, na manhã desta segunda-feira (29). O computador da Abin foi encontrado na casa do militar Giancarlo Rodrigues, também alvo da operação da PF que ocorreu na manhã desta segunda, com buscas e apreensões em endereços de pessoas suspeitas de ligação com o esquema de espionagem ilegal na Abin.

Giancarlo Rodrigues é ex-assessor do deputado federal Alexandre Ramagem (PL-RJ), que chefiou a Abin durante o governo Bolsonaro. A mulher de Giancarlo é servidora da agência. A Polícia Federal apreendeu o computador para periciar e checar quem de fato fazia uso do equipamento.

 

Carlos Bolsonaro, filho do ex-presidente Jair Bolsonaro, é investigado por indícios de um esquema de espionagem ilegal na Abin durante o governo de Jair Bolsonaro, suspeito de ter sido um dos destinatários das informações levantadas de forma clandestina. Mais cedo o g1 errou ao informar que um computador da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) teria sido encontrado entre os pertences do vereador Carlos Bolsonaro.

To Top