Polícia

Fake News: Carlos Jordy não teve fuzil apontado para o rosto, diz PF

Carlos Jordy divulga vídeo de defesa onde afirma que foi acordado pelos policiais federais com um “fuzil no rosto” | Assista abaixo

PF afirma que operação seguiu o protocolo normal e desmente Carlos Jordy

Após ser alvo de mandado de busca e apreensão, o deputado federal e ex-vereador de Niterói, Carlos Jordy (PL), afirmou em vídeo divulgado nas redes sociais, que foi acordado pelos policiais federais com um “fuzil no rosto”. No entanto, a Policia Federal afirma que essa forma de abordagem não ocorreu.

Segundo a Polícia Federal, a ação seguiu o protocolo da corporação, e que não houve necessidade de uso da força para entrar na casa do parlamentar. A PF afirma que a entrada foi padrão para o caso e que a porta foi aberta por morador.

 

“Hoje eu sofri uma busca e apreensão da Polícia Federal. Fui acordado às seis da manhã. Estava dormindo com minha filha e com a minha esposa. Fui acordado com fuzil no rosto pela Polícia Federal”, afirmou o deputado e ex-vereador de Niterói no vídeo. (Assista abaixo o vídeo na íntegra)

A 24ª fase da Operação Lesa Pátria, tem o objetivo de identificar pessoas que planejaram, financiaram e incitaram os atos antidemocráticos de 8 de janeiro. Agentes da PF foram até a Câmara dos Deputados e a casa do parlamentar para cumprir mandados expedidos pelo Supremo Tribunal Federal (STF) contra Jordy. Há buscas também no interior do Estado do Rio de Janeiro, entre os alvos, estão pessoas que montaram acampamento em frente à 2ª Companhia de Infantaria em Campos dos Goytacazes.

“Ao todo, estão sendo cumpridos 10 mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Supremo Tribunal, nos estados do Rio de Janeiro (8) e no Distrito Federal (2). Os fatos investigados constituem, em tese, os crimes de abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, associação criminosa e incitação ao crime. As investigações continuam em curso e a Operação Lesa Pátria é permanente, com atualizações periódicas acerca do número de mandados judiciais cumpridos e pessoas capturadas.” informou a Polícia Federal.

To Top