Polícia

Engenheiro é agredido com pedaço de pau na Zona Sul de Niterói

Foto: Arquivo pessoal

O engenheiro Pedro Macedo passou por um momento aterrorizante na noite de quarta-feira (17) ao ser agredido por um homem com um pedaço de pau enquanto voltava para casa com sua namorada na Rua Domingues de Sá, em Icaraí, Zona Sul de Niterói. Pedro fez um desabafo nas redes sociais, leia abaixo na íntegra.

O casal, que estava retornando da academia, se deparou com um sujeito sem camisa, segurando um enorme pedaço de madeira, no meio da rua. De acordo com relatos, o agressor, claramente perturbado, tentou atacar outro casal que estava à frente, mas eles conseguiram escapar. Ao perceber a situação, Pedro instruiu sua namorada a correr, mas acabou se tornando o alvo do agressor.

De acordo com informações de Macedo o homem inicialmente se aproximou de sua namorada e, temendo que ela fosse agredida, ele se jogou na frente, sendo atingido no braço. Após o ataque, o agressor fugiu em direção ao Campo de São Bento, enquanto o casal clamava por ajuda.

Nas redes sociais, o engenheiro comentou sobre o incidente, revelando que o agressor é conhecido na região e possui histórico de comportamento violento. Relatos indicam que ele já foi preso anteriormente, mas foi solto, e suas ações têm sido principalmente direcionadas a mulheres. Segundo a vítima, o homem aparentava ter sofrido um surto psiquiátrico. O engenheiro também mencionou que sua namorada está traumatizada e não deseja mais sair de casa após o episódio.

    Foto: Arquivo pessoal

De acordo com a Operação Segurança Presente, o homem atua na região, e informou que o suspeito tem 46 anos e três passagens pela polícia por lesão corporal. No dia 14 de dezembro do ano passado, ele foi detido pelos agentes, suspeito de agredir pessoas que caminhavam na rua. Ele foi levado para a 77ª DP e encaminhado para o Hospital Psiquiátrico de Jurujuba.

A Polícia Civil informou que o caso ainda não foi registrado. A Polícia Militar afirmou que “o 12º BPM (Niterói) tem empreendido esforços para prevenir e coibir quaisquer práticas criminosas na região, empregando equipes em ações ostensivas, como rondas e abordagens, nas ruas dos bairros da cidade, diuturnamente. A unidade está aumentando as abordagens com foco em pessoas suspeitas, inclusive em situação de vulnerabilidade (moradores de rua), apreendendo diversos objetos perfurocortantes frequentemente. A unidade também trabalha em conjunto com as delegacias da cidade de Niterói para identificar e prender os envolvidos em ações criminosas”.

1

2

3

4

5

6

To Top