Geral

Operação da ANP e Procon interdita postos de combustíveis em Niterói

Divulgação/ANP/Procon-RJ

Entre os dias 27 e 30/11, a ANP fiscalizou o mercado de combustíveis em 13 unidades da Federação, em todas as regiões do país. Nas ações, os fiscais verificaram a qualidade dos combustíveis, o fornecimento do volume correto pelas bombas medidoras, a adequação dos equipamentos e dos instrumentos necessários ao correto manuseio dos produtos, bem como as documentações de autorização de funcionamento das empresas e as relativas às movimentações dos combustíveis.

Fiscais da ANP participaram da 2ª fase da operação Noel na Bomba, em Duque de Caxias, São Gonçalo e Niterói, em conjunto com Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Rio de Janeiro (Ipem-RJ), Procon-RJ e Polícia Civil do Rio de Janeiro.

 

Em Niterói, dois postos de combustíveis foram autuados e interditados por comercializar gasolina C comum fora das especificações e por violarem faixas e/ou lacres da ANP, voltando a funcionar mesmo após terem sido notificados para cessar a atividade de comercialização de combustíveis. Em um dos estabelecimentos, agentes lacraram dois bicos de etanol hidratado comum e dois bicos de gasolina C comum, além da apreensão de 10.330 litros de etanol hidratado comum e 4.491 litros de gasolina C comum. Houve ainda a coleta de amostras de etanol hidratado comum e de gasolina C comum para análise laboratorial.

Divulgação/ANP/Procon-RJ

Em São Gonçalo, dois revendedores foram autuados e interditados por comercializarem gasolina C comum fora das especificações e por violarem faixas e/ou lacres da ANP. Ao todo, foram lacrados seis bicos de etanol hidratado comum, três de gasolina C comum, três de gasolina C aditivada e um bico de óleo diesel S10. Foram coletadas amostras de etanol hidratado comum e de gasolina C comum para análise em laboratório.



Ainda em São Gonçalo, um terceiro posto revendedor de combustíveis foi autuado e interditado por violar faixas e/ou lacres da ANP. Os fiscais lacraram dois bicos de etanol hidratado comum e um bico de gasolina C comum. Foram coletadas amostras desses dois combustíveis para análise. Em Duque de Caxias não foram verificadas irregularidades.

Além da operação, a ANP também realizou fiscalizações de rotina em postos do município do Rio de Janeiro, onde um posto revendedor de combustíveis foi autuado por não identificar corretamente o combustível comercializado ao consumidor.

To Top