Aconteceu

Vídeo: pescador fisga filhote de tubarão na Praia de Icaraí, em Niterói

Vídeo circula nas redes sociais | Assista abaixo

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra um pescador, do grupo Família de Pesca do Gragoatá, fisgando um filhote de tubarão, na Praia de Icaraí, Zona Sul de Niterói. Nas imagens que circulam nas redes sociais é possível ver o momento em que o pescador tira o filhote de tubarão do mar, ele mostra e diz “ai galera, é tubarão mesmo, falei pra você que estava cortando linha, que a água está gelada, não pode ser baiacu, é filhote de tubarão mesmo”. Após fisgar eles devolvem a espécie ao mar. (Vídeo abaixo)

Um especialista ouvido pelo cidadedeniteroi.com, disse que se trata de um caçonete (cação pequeno). “Cação” é apenas um nome genérico usado no comércio de tubarões, tal denominação é derivada do espanhol, “cazón”, para melhorar a aceitação do consumidor.

 

Um estudo realizado no sul do Brasil, revela que mais de 70% dos consumidores pesquisados não sabiam que o nome “cação” se refere a tubarões, e mais da metade dos entrevistados afirmaram já ter comido “cação”, mas nunca consumido tubarões.

Muitas vezes, acreditamos que o cação seja apenas um tipo de peixe ou um tubarão de pequeno porte encontrado próximo à costa. No entanto, é importante destacar que o cação engloba uma ampla variedade de espécies de tubarões, incluindo os pequenos, os filhotes e até mesmo os imponentes gigantes dos oceanos. Eles fazem parte do grupo dos elasmobrânquios, peixes cartilaginosos que não possuem esqueleto ósseo.



To Top