Cidade

Corpo de Bombeiros realizou 77 resgates nas praias de Niterói neste sábado

Reprodução Redes Sociais / Vídeos abaixo

O Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) realizou, somente neste sábado (11), 77 resgates marítimos em Niterói, na área de cobertura do 4º GMAR – Quarto Grupamento Marítimo de Itaipu, Região Oceânica de Niterói.

Somente neste sábado (11), cerca de 500 resgates marítimos foram realizados em todo o estado, sendo 233 na área de cobertura do 3º Grupamento Marítimo (3º GMar), em Copacabana, onde ocorreu o maior número de ocorrências do dia. Também houve registro de 30 crianças que receberam auxílio dos guarda-vidas para localizar seus responsáveis. No ranking das áreas com mais resgates marítimos, depois de Copacabana, estão os grupamentos de Itaipu, em Niterói com 77 resgates, Barra da Tijuca com 29, Recreio dos Bandeirantes com 18 e Paraty também com 18.

Em Itacoatiara, Região Oceânica de Niterói, diversos banhistas precisaram ser resgatados, com auxílio de helicóptero. Um dos casos foi próximo ao Costão, por volta de 14h40. Ninguém ficou ferido. A praia estava com Bandeira vermelha neste sábado. O Corpo de Bombeiros explica que quando uma praia estiver com Bandeira Vermelha, significa que o local tem risco alto de afogamentos e incidentes, indicando que há ondas, correntes e outros fatores de perigo. Banhistas devem ter grande atenção, respeito à sinalização e cuidado ao verem Bandeira Vermelha nas praias.















  • Recomendações do Corpo de Bombeiros RJ para evitar afogamentos:

  • Procurar sempre locais próximos aos postos de guarda-vidas;
  • Respeitar as placas e/ou bandeiras de sinalização;
  • Perguntar sempre ao guarda-vidas qual o local mais apropriado para tomar o banho de mar;
  • Não ingerir bebidas alcoólicas e entrar no mar;
  • Evitar entrar na água logo após se alimentar;
  • Não entrar no mar após longa exposição ao sol, sem antes adaptar seu organismo à temperatura da água.
  • Não desviar a atenção um só instante das crianças. Vale identificá-las com nome e telefone para contato;
  • Caso saiba e pretenda nadar, a orientação é praticar a atividade paralelamente à areia;
  • Evitar locais que são conhecidos como points de surfistas. Desta forma, é possível prevenir acidentes com pranchas.
To Top
// Infinite Scroll $('.infinite-content').infinitescroll({ navSelector: ".nav-links", nextSelector: ".nav-links a:first", itemSelector: ".infinite-post", loading: { msgText: "Loading more posts...", finishedMsg: "Sorry, no more posts" }, errorCallback: function(){ $(".inf-more-but").css("display", "none") } }); $(window).unbind('.infscr'); $(".inf-more-but").click(function(){ $('.infinite-content').infinitescroll('retrieve'); return false; }); if ($('.nav-links a').length) { $('.inf-more-but').css('display','inline-block'); } else { $('.inf-more-but').css('display','none'); } // The slider being synced must be initialized first $('.post-gallery-bot').flexslider({ animation: "slide", controlNav: false, animationLoop: true, slideshow: false, itemWidth: 80, itemMargin: 10, asNavFor: '.post-gallery-top' }); $('.post-gallery-top').flexslider({ animation: "fade", controlNav: false, animationLoop: true, slideshow: false, prevText: "<", nextText: ">", sync: ".post-gallery-bot" }); });