Esportes

Niterói receberá o Campeonato Mundial de Canoa Polinésia em 2025

bea 3559

Divulgação

O Brasil receberá a competição mais importante do mundo de Canoa Polinésia pela segunda vez. Em decisão da IVF (Federação Internacional de VA´A) a cidade de Niterói (RJ) foi a escolhida para receber a elite mundial do esporte em 2025. O torneio terá provas de longa distâncias, de até 24 Quilômetros, com largadas na Praia de São Francisco.

A competição está marcada para acontecer no Brasil entre os dias 8 e 17 de agosto de 2025. O campeonato ocorre a cada dois anos. Em 2023, acontece em Samoa, na Oceania. O Brasil vai receber pela segunda vez o torneio que ocorre desde 1984. A edição realizada anteriormente no país foi em 2014, na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro, no formato Sprint. Desta vez será no formato de Maratona.

O secretário Municipal de Esporte e Lazer de Niterói, Rubens Goulart, considera o grande número de praticantes da modalidade na cidade um dos atrativos que pesou na escolha da IVF.

“Para Niterói é muito importante sediar um mundial dessa magnitude, já que esse mundial é de dois em dois anos e nunca aconteceu no Brasil com as provas que vão ter. A Canoa Polinésia é um dos pilares esportivos da cidade, que já tem mais de 3 mil adeptos e um número crescente de praticantes. Nada mais justo do que o mundial da categoria que vai acontecer no Brasil ser na cidade de Niterói”, diz Rubens Goulart.

Tiago Martins, presidente da FCHERJ, a Federação de Canoa Havaiana do Estado do Rio de Janeiro que é co-organizadora do evento junto com a CBVAA, a Confederação Brasileira de VA´A, destaca a presença forte de atletas do exterior que virão ao país para as competições em 2025 em Niterói.

“Estamos muito felizes em poder sediar o Campeonato Mundial. A competição ocorre a cada dois anos e recebe os melhores atletas de todo o planeta. Pela primeira vez sediaremos um Mundial de Maratona. Na edição da Austrália foram atletas de todos os continentes com treze países ganhando medalhas. Esperamos algo parecido ou até maior aqui. Nada melhor do que Niterói, cidade com mais de quarenta clubes de canoa e maior concentração de praticantes do esporte no país para receber a competição”, ressalta Tiago Martins.

To Top