Geral

6.442 mil clientes ficaram sem energia em Niterói por causa de pipas

pipa na rede 2

Divulgação

Um levantamento da Enel Distribuição Rio aponta que, nos primeiros seis meses de 2023, mais de 150 mil clientes ficaram sem energia por causa de pipas que atingiram a rede elétrica da área de concessão da companhia. As regiões que lideram o ranking com o maior número de clientes impactados são Região dos Lagos, Campos e São Gonçalo, seguidos por Magé, Região Serrana, Macaé, Região Sul e Niterói.

Na Região dos Lagos, foram identificados 55.327 clientes impactados entre janeiro e junho de 2023. No entorno de Campos, foram 21.890 e em São Gonçalo 18.087 clientes. Em Magé, nesse mesmo período, 17.378 clientes sofreram impacto. Na Região Serrana, foram computados 16.936 e em Macaé, 15.194. Por fim, a Região Sul registrou 7.277 clientes atingidos e Niterói, 6.442.

A interrupção do fornecimento de energia causada por pipas pode ocorrer por diversas razões. Além do risco de rompimento dos cabos, as linhas que ficam enroscadas na rede elétrica provocam desgaste na fiação, podendo ocasionar curtos-circuitos e risco de choque. Nesses casos, equipes da distribuidora são mobilizadas imediatamente para realizar os reparos necessários e substituir a fiação, a fim de restabelecer o serviço o mais breve possível.

“As interrupções de energia, mesmo que de curta duração, geram grandes transtornos aos clientes, tanto na atividade comercial quanto no dia a dia das pessoas. Neste sentido, é importante reforçar os riscos de se empinar pipa próximo da rede elétrica e a necessidade de os pais orientarem as crianças e os adolescentes sobre os cuidados necessários, principalmente agora nesse período de férias escolares”, afirma o responsável por Operação e Manutenção da Enel Distribuição Rio, Thiago Martins de Morais.

To Top