Geral

Força-tarefa atua na remoção de embarcações abandonadas na Baía de Guanabara

niterói,niteroi

Divulgação | PortosRio

A força-tarefa, liderada pela Autoridade Portuária PortosRio e integrada pela Capitania dos Portos (Marinha do Brasil), Secretaria Estadual de Energia e Economia do Mar, Secretaria Estadual de Ambiente e Sustentabilidade, Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e Prefeitura de Niterói, começa, nesta quinta-feira (29/6), a retirada de mais cinco embarcações abandonadas na Baía de Guanabara. Os barcos estão encalhados na altura da Ilha da Conceição, em Niterói, próximos a um cais utilizado para descarregar peixes.

Abandonadas há pelo menos cinco anos, as embarcações e carcaças oferecem risco à navegação, além de dificultar o trabalho de pescadores. O trabalho de retirada de embarcações abandonadas na baía começou em 17 de maio, com um barco que estava à deriva há mais de uma década. E é orientado por um relatório da Capitania dos Portos, que identificou 51 embarcações e cascos abandonados na região. Todos eles receberam a declaração de perdimento (perda da propriedade) da Autoridade Marítima, etapa essencial para o início de sua remoção.

To Top