Esportes

Cristo Redentor apaga as luzes em solidariedade ao jogador Vinícius Júnior

Santuário Arquidiocesano Cristo Redentor

O Santuário Arquidiocesano Cristo Redentor repudiou os ataques racistas sofridos pelo jogador brasileiro Vinícius Júnior nesse domingo, 21 de maio, durante jogo entre Real Madrid e Valencia. Por isso, nesta segunda-feira, das 18h às 19h, o monumento ao Cristo Redentor ficou com a iluminação desligada como símbolo da luta coletiva contra o racismo e em solidariedade ao jogador e a todos os que sofrem preconceito no mundo inteiro.

A ação é uma cooperação entre o Núcleo de Esporte e Fé do Santuário, a Confederação Brasileira de Futebol e o Observatório da Discriminação Racial no Futebol. O reitor do Santuário Arquidiocesano Cristo Redentor, Padre Omar, lembra o que está escrito nas Sagradas Escrituras: “Somos todos criados à imagem e semelhança de Deus” (cf. Gn 1,26-27).

To Top