Educação

I Encontro de Enfermagem do Unilasalle Niterói terá oficina gratuita

Divulgação

Evento aberto ao público externo será no dia 18 de maio e terá como foco a apresentação de enfermeiras negras que fazem a história da profissão

Na tarde de 18 de maio, quinta-feira, alunos e público externo poderão participar de uma oficina gratuita de suporte básico de vida, com 14 vagas para além daquelas que serão ocupadas pelos alunos. A iniciativa tem o intuito de instruir a população sobre a oferta dos primeiros socorros para salvar vidas.

A enfermeira Dra. Christina Klíppel dará instruções aos presentes para agir em situações de emergência, um trabalho que também desenvolve na American Heart Association, organização responsável por publicar as diretrizes para ressuscitação cardiopulmonar. A atividade tem o intuito de ser um primeiro movimento de qualificação dos estudantes para que sejam multiplicadores de segurança no campus, e integrará o I Encontro de Enfermagem do Unilasalle-RJ. Por meio de uma programação diversa, a data de 18 de maio irá representar a apresentação oficial da nova graduação do centro universitário.

“O Encontro marca a abertura do nosso curso em Niterói. O curso foi autorizado pelo MEC em novembro do ano passado com nota máxima, nota 5, depois de um longo tempo de preparação. Essa é a oportunidade de mostrarmos para a sociedade niteroiense o que estamos propondo. É uma forma de acolher moradores da cidade e de convidar outras escolas de Enfermagem do município para comemorar junto conosco”, explica a coordenadora Joyce Muniz.

O dia de eventos faz parte da comemoração nacional da Semana Brasileira de Enfermagem, que vai de 12 (o Dia Internacional do Enfermeiro) a 20 de maio. As duas datas remontam à força feminina: em 12 de maio de 1820 nascia Florence Nightingale, fundadora da Enfermagem Moderna e pioneira no tratamento de feridos em guerras; em 20 de maio de 1880 morria Anna Nery, considerada a “mãe dos brasileiros” pela sua atuação como enfermeira na Guerra do Paraguai. Falar de mulheres será o principal mote do encontro promovido pelo centro universitário, embora o foco não esteja na branquitude de Florence e Anna.

“Tanto na exposição que teremos na nossa Varanda Cultural quanto na palestra de abertura, com a Profa. Dra. Roberta Santos, da UERJ, contaremos as histórias de personagens fundamentais para a construção dessa profissão. Temos muitas mulheres negras na Enfermagem, como Mary Jane Seacole, Maria Soldado, Dona Ivone Lara, que acabam não tendo a visibilidade devida na História, nos livros. Nossa proposta é trazer esse recorte histórico com um olhar acerca do gênero, da raça e da classe social”, antecipa Joyce.

  • PROGRAMAÇÃO
  • Abertura do evento
  • Horário: 8h30 às 10h
  • Local: Varanda Cultural
  • Atividades:
  • Exposição
  • [RE]Descobrindo a história: A invisibilidade da Mulher Negra na Enfermagem
  • Tenda do Cuidar
  • O cuidado de diferentes formas – Práticas Integrativas e Complementares em Saúde
  • A tenda terá: auriculoterapia, aromaterapia, cromoterapia, entre outros
  • Oferecimento: Departamento de Supervisão Técnica Metodológica (DESUM), da Fundação Municipal de Saúde de Niterói
  • Intervalo
  • Música ao vivo com o Professor Dr. Christiano Machado
  • 10h às 10h30, na Varanda Cultural
  • Palestra
  • Enfermagem Negra: Valorizando e reconhecendo a Enfermagem, com a enfermeira Profa. Dra. Roberta Geórgia Santos (Professora adjunta da Escola de Enfermagem da UERJ).
  • 10h30, no Anfiteatro Ir. Egydio Lucas – Bloco B/8º andar
  • Oficina
  • Suporte Básico de Vida (BLS)
  • Enfermeira Profa. Dra. Christina Klíppel (Instrutora da American Heart Association e Professora da UNESA)
  • 13h30, na Sala Conexão Mundo – Bloco A/3º andar
  • Sujeito à lotação. Apenas 14 vagas disponíveis
  • Serviço:
  • I Encontro de Enfermagem do Unilasalle-RJ
  • Quando: Dia 18/05, quinta-feira, das 8h30 às 16h
  • Inscrições pelo site: https://bit.ly/3LPOrs5
To Top