Economia

Moeda Social Recicle pretende estimular coleta seletiva em Niterói

Foto: Lucas Benevides

Iniciativa, pioneira, pretende estimular a participação da população na coleta seletiva

O prefeito de Niterói, Axel Grael, lançou, nesta quarta-feira (12), a Moeda Social Recicle, na comunidade do Buraco do Boi, no Barreto, Zona Norte da cidade. A iniciativa, pioneira no país, estimula a participação da população na coleta seletiva em troca de créditos que poderão ser usados, por exemplo, em aulas de lutas marciais, passeios culturais e aulas para Ensino de Jovens e Adultos (EJA). O programa é uma parceria entre a Companhia de Limpeza de Niterói (Clin), o Instituto Léo Solidário, a Federação das Cooperativas de Catadores (Febracon), a Associação de Moradores do Maruí Grande e a E-ambiental, empresa especializada na tecnologia reversa de resíduos.

“Cada vez mais Niterói caminha para a sustentabilidade com justiça social. É uma satisfação estar aqui hoje reunindo vários atores sociais em torno dessa comunidade. Estamos fazendo um esforço integrado para trazer para esta comunidade benefícios gerados a partir de uma coisa que as pessoas costumam chamar de lixo. A gente precisa mudar essa mentalidade e o que a gente tem buscado com o trabalho da Clin é justamente isso. Em breve nós teremos algumas boas notícias. Niterói vai ter soluções para reaproveitamento de material reciclável em grande escala, mas precisamos trazer a preocupação de soluções na escala do cidadão. O que nós estamos fazendo aqui é isso”, afirmou o prefeito.

Foto: Lucas Benevides

De acordo com o presidente da Clin, Luiz Fróes, o diferencial da Moeda Recicle é que ela estimula a participação da população na doação dos resíduos recicláveis produzidos na comunidade em troca de bônus de interesse local, na área educacional, cultural, esportiva e de bens de consumo.

“Nós estamos muito felizes de lançar esse projeto, que é pioneiro nesse molde. Esperamos que seja o primeiro de muitos que vão acontecer em Niterói. Aqui temos um contêiner onde pessoas, não só da comunidade, podem vir e entregar seus recicláveis e depois trocar por créditos da moeda social. Temos uma tabela com os valores para cada tipo de reciclável entregue”, detalhou Fróes.

O vice-prefeito, Paulo Bagueira, lembrou que a comunidade do Buraco do Boi é participativa, ativa e tem muitas pessoas voluntárias. “É sensacional dizer que o poder público está presente aqui e que a população está ajudando também a manter as boas práticas de limpeza da nossa cidade. Em breve vamos fazer a obra de drenagem aqui da região, que é importantíssima para melhorar a vida de quem mora na região”, afirmou Bagueira.

To Top