Polícia

Polícia Militar reforça seu efetivo com 544 novos soldados

Cerimônia de formatura reuniu 230 novos policiais no Cfap, Zona Oeste do Rio, nesta sexta-feira (Foto: Divulgação)

Em uma semana, a Secretaria de Estado de Polícia Militar do Rio de Janeiro reforçou seu efetivo com 544 novos soldados, já aptos a exercer o policiamento preventivo e ostensivo em todo o território estadual. Na manhã desta sexta-feira (17/3), foi realizada a cerimônia de formatura de 230 policiais no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (Cfap), em Sulacap, na Zona Oeste do Rio. Na sexta-feira passada, foram formados outros 314 novos policiais.

Durante a solenidade de formatura desta sexta-feira, o vice-governador e secretário do Ambiente e Sustentabilidade, Thiago Pampolha, reiterou a importância do ingresso dos novos soldados na corporação.

 

– É um contexto complexo que nos exige a segurança pública em um estado desafiador como o Rio de Janeiro. Reconhecer a importância e o esforço de cada soldado que se forma aqui hoje é fundamental. Não vamos economizar recursos, dedicação e trabalho para que a posição de melhor polícia do Brasil se mantenha e cresça a cada dia – discursou Pampolha, que representou o governador Cláudio Castro na cerimônia.

 

O secretário de Estado de Polícia Militar, coronel Luiz Henrique Marinho Pires, lembrou que a cerimônia de formatura concluiu um ciclo de recomposição do efetivo da Polícia Militar do Rio de Janeiro iniciado há quase dez anos, referindo-se à última turma regular do concurso de 2014. Depois de parabenizar a gestão do governador Cláudio Castro por ter recolocado o Rio de Janeiro no caminho do desenvolvimento econômico e social, o coronel Henrique enfatizou os investimentos na área de segurança, citando o exemplo do Cfap:

– O nosso Cfap passou por obras de recuperação e, hoje, está em condições de receber quatro novas turmas ao mesmo tempo, um total de 1.760 alunos. E estamos construindo uma nova companhia para ampliar ainda mais essa capacidade – disse o oficial, lembrando a realização de um novo concurso, este ano, para selecionar mais dois mil candidatos.

Além da formação teórica e prática oferecida pelos instrutores do Cfap, os novos policiais dessas duas turmas já estarão habilitados para atuar em dois programas específicos da corporação de polícia de proximidade: Patrulha Escolar e Bairro Presente.

Também fizeram parte da grade curricular das duas turmas noções básicas sobre a Lei Maria da Penha, uma forma de preparar os novos policiais para atuar no enfrentamento de casos de violência contra mulher, hoje uma das maiores demandas recebidas pelo Serviço 190.

Paraty ganha equipe da Patrulha Maria da Penha

Após a formatura, foi realizada a cerimônia de entrega de quatro novas viaturas – picapes Ford Ranger blindadas e com tração nas quatro rodas – ao programa Patrulha Maria da Penha Guardiões da Vida (PMP-GV). Uma das viaturas vai operar na 2ª Companhia Independente da Polícia Militar, localizada em Paraty, na Costa Verde, que acaba de ganhar uma equipe especializada do programa preventivo de enfrentamento à violência contra mulher.

A partir de agora, o programa Patrulha Maria da Penha passa a contar com 46 equipes especializadas, atuando em todo o território estadual. Com o novo núcleo do programa na 2ª CIPM, para o atendimento às mulheres de Paraty, a Patrulha Maria da Penha do 33º BPM (Angra dos Reis) terá melhores condições de atender as demandas nos municípios de Angra e Mangaratiba.

Desde que foi lançado, há pouco mais de três anos e meio, o programa Patrulha Maria da Penha já realizou 160 mil atendimentos a mulheres em situação de violência, principalmente em ações de acompanhamento das medidas protetivas.

To Top