Urgente

Temporal de 15 minutos provoca o caos em Niterói; vídeos

15 minutos foram suficientes para provocar o caos na cidade | Vídeos abaixo

De acordo com a Defesa Civil, choveu, no período de uma hora, 25% da média do mês de fevereiro

Um temporal de apenas 15 minutos, na tarde desta sexta-feira (03), provocou um nó na cidade, alagamentos, correria, engarrafamento, falta de luz em diversos pontos e o município ficou literalmente em caos. Depois desse temporal rápido ainda choveu fraco até o início da noite em alguns pontos da cidade. De acordo com a Defesa Civil, choveu, no período de uma hora, 34.2mm – o que representa 25% da média climatológica para o mês de fevereiro. Agentes do Município, entre Defesa Civil, Companhia de Limpeza de Niterói (Clin), Secretarias de Conservação e Serviços Públicos, Nittrans, Administração Regional da Região Oceânica, entre outras, estão atuando nas ruas da cidade. (Vídeos abaixo mostram o momento do temporal)

Segundo a Defesa Civil, a cidade está em estágio de atenção. Núcleos de chuva forte a muito forte que atuaram em Niterói já se afastaram da cidade e se dissiparam. Os acumulados de chuva na última hora diminuíram. Para as próximas horas, há previsão de chuva fraca isolada.

Operadores da NitTrans estão nas ruas orientando motoristas. Equipes da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (Seconser) e da Companhia de Limpeza de Niterói (Clin) estão atuando nos serviços emergenciais de retirada de árvores, limpeza de ralos, caixas de passagem e ruas. Também há caminhões Vac All – equipamentos de aspiração com alto poder de sucção – percorrendo trechos da cidade. O veículo é usado em pontos de alagamento para agilizar o escoamento da água. Até o momento, nenhuma sirene precisou ser acionada e não houve registros de feridos.

Questionada sobre a falta de luz em diversos pontos da cidade, a Enel Distribuição Rio informou ao cidadedeniteroi.com que “cerca de 60% dos clientes afetados pelo temporal da tarde desta sexta-feira (3) já tiveram o fornecimento de energia restabelecido. O forte vento e chuva intensa atingiram regiões de Magé, Niterói e São Gonçalo. As condições climáticas adversas derrubaram árvores e lançaram galhos e objetos sobre a rede elétrica, afetando o serviço para alguns clientes. A distribuidora reforçou as equipes em campo, para atuação inclusive na madrugada, nos canais de atendimento ao cliente e no centro de operações para normalizar o fornecimento o mais rápido possível.”








































To Top