Em alta

Italiano agora é patrimônio cultural imaterial de Niterói

Foto: Hungara Lanches

Fim da discussão! Em Niterói, o nome do salgado de massa assada recheado com queijo e presunto é ITALIANO, que agora passa a ser patrimônio cultural imaterial da cidade – projeto de lei do vereador Jhonatan Anjos, aprovado em discussão na Câmara Municipal e sancionado pelo prefeito Axel Grael no diário oficial desta quarta-feira (28/12).

O salgado é presença obrigatória nas lanchonetes de todo o estado, capaz de tecer sensações de pertencimentos, de bairrismos e de acirrar rivalidades regionais, que disputam entre italiano ou joelho.

“Mais que um mero bairrismo, a maneira de denominar as coisas caracteriza e individualiza uma comunidade e a define. Aqui em Niterói, todo mundo sabe, é italiano! Pedir um italiano já dá água na boca, né? Mas joelho… Os cariocas que nos perdoem, mas joelho é só a parte do corpo!” – brinca o vereador Jhonatan Anjos, autor do Projeto de Lei. Ele continua: “Neste sentido, a gastronomia pode ser abordada como uma categoria que pertence ao campo do patrimônio cultural imaterial, pois engloba saberes, lugares, nomes de receitas e modos de fazer que comunicam algo sobre a identidade de um povo, transmitido de geração em geração. Os hábitos alimentares de um povo nos situam em relação a sua cultura gastronômica e sua sensação de pertencimento.”

To Top