Auto Cidade

Com o aumento do IPVA e do valor dos veículos, cresce a demanda por carros de aluguel

Foto: Turbi, empresa de aluguel de carros por aplicativo.

Está chegando a época mais temida do ano para quem tem carro, o momento de pagar o IPVA junto com todas as outras contas do início do ano como matrícula de escola, material escolar e o cartão de crédito com as compras de Natal. E a previsão não é boa. O imposto a ser pago em 2023 deve ser ainda mais alto que o deste ano, visto que é calculado com base no preço dos veículos novos, seminovos e usados e o valor dos automóveis subiu, substancialmente, em 2022.

Por conta do alto custo para manter um carro, a locação de veículos está em franca expansão. De acordo com o relatório The Car Subscription Case in Brazil, publicado recentemente pelo BTG, alugar um carro vale mais do que adquirí-lo. Se a compra for por meio de financiamento, o aluguel para o mesmo uso chega a ser 40% mais vantajoso. E, mesmo se a aquisição for à vista, locar um veículo ainda sai 14% mais barato. Por conta disso, o estudo prevê que a frota de carros por assinatura do Brasil passe de 106 mil (atual) para 402 mil até 2032, o que representa um crescimento de 14,3% ao ano na década.

To Top