Cidade

Prefeitura de Niterói anuncia investimentos de R$ 1 bilhão em obras

Para o ano que vem, estão previstas entregas importantes como o Parque Orla Piratininga Alfredo Sirkis (POP) e a restauração da Ilha da Boa Viagem | Foto: Lucas Benevides

O prefeito de Niterói, Axel Grael, se reuniu, nesta quarta-feira (14), com secretários e presidentes de fundações municipais para fazer um balanço da gestão em 2022 e traçar os objetivos para 2023. Nesta 10ª edição do Encontro de Gestores, Axel Grael anunciou um pacote de investimentos de R$ 1 bilhão em obras em todas as regiões de Niterói para o ano que vem. Estas obras fazem parte do conjunto de iniciativas do Plano Niterói 450, que prevê um total de R$ 2 bilhões em investimentos até o final de 2024.

Foto: Lucas Benevides

“Esse é um momento importante para refletirmos sobre o quanto avançamos ao longo desse período. Mas queria chamar atenção sobre a importância do que vem pela frente. Estamos concluindo o primeiro biênio dessa gestão, trabalhamos muito nesses dois anos, com preocupação de fazer entregas importantes para a cidade, priorizando os nossos cidadãos e mantendo o diálogo com a sociedade. Temos que dobrar esses esforços nesse próximo biênio, pensando sempre na melhoria da qualidade de vida dos cidadãos”, destacou o prefeito.

Axel Grael enumerou as principais entregas planejadas para o próximo ano, como o Parque Orla de Piratininga Alfredo Sirkis (POP), a restauração da Ilha da Boa Viagem, a criação do Parque do Morro do Morcego e a desapropriação de imóveis na região da Cantareira para preservação histórica – investimentos importantes em turismo, ecoturismo e sustentabilidade da cidade.

Nas comunidades, o principal anúncio foi a conclusão das obras de urbanização no Viradouro e União, investimentos significativos que ajudam a transformar a vida dos moradores. Também foi mencionado o início das intervenções nas comunidades de Bonsucesso, Palácio, Buraco do Boi, Leopoldina, Sabão e Mineirinho, Monan, Caranguejo e Vila Ipiranga. Caniçal, Morro do Castro, Morro do Céu e Morro do Estado também receberão obras estruturantes.

Na área de infraestrutura, os destaques são o início das obras de revitalização da Alameda São Boaventura, na Zona Norte, que terá o mesmo padrão urbanístico da Avenida Marquês do Paraná; da orla do Centro, com intervenções que vão do Mercado de Peixe até o Gragoatá; e da Avenida Ernani do Amaral Peixoto, que receberá um corredor verde. No primeiro semestre, está prevista a entrega da praça da Rua Mem de Sá, em Icaraí, que vai ajudar a resolver gargalos do trânsito. Os trabalhos de urbanização do Engenho do Mato, onde 117 ruas estão recebendo rede de drenagem e pavimentação, e do Canal de Itaipu, obra fundamental para a qualidade da Lagoa de Itaipu, têm previsão de serem concluídos.

Outros investimentos importantes são o novo Parque Esportivo da Concha Acústica – a maior parte da área será concluída no próximo ano, e a arena esportiva em 2024 – e a pista de atletismo na Universidade Federal Fluminense (UFF).

O Programa Aprendiz Musical, que leva desenvolvimento social através da arte, será ampliado. No próximo ano, serão oferecidas 7,5 mil vagas para crianças e adolescentes. Atualmente, 2,1 mil crianças, moradoras de Niterói, têm aulas gratuitas de iniciação musical, prática de instrumentos de cordas, sopros e percussão e canto e coral.

Também está em desenvolvimento o projeto da dragagem do Porto e do Canal de São Lourenço. Com a conclusão desta intervenção, será possível que o Terminal Pesqueiro entre em funcionamento, impulsionando a indústria naval em Niterói.

O vice-prefeito de Niterói, Paulo Bagueira, afirmou que os esforços serão redobrados para que as obras sejam entregues no tempo previsto. “Temos que ter o tempo do início, meio e fim dessas iniciativas. Precisamos das equipes de trabalho para que os resultados apareçam. Os trâmites internos até o início das obras são longos. Vamos trabalhar para encurtar esses prazos e entregar as obras nas datas previstas. Vamos redobrar os nossos esforços”, afirmou o vice-prefeito.

O secretário executivo de Niterói, Bira Marques, ressaltou que Niterói completa 450 anos em 2023 como uma cidade moderna, sustentável e com políticas inovadoras. “Niterói é uma cidade que se caracteriza pela qualidade de vida enraizada. Temos um projeto de governo sólido e estruturado, e muita confiança que vamos avançar ainda mais em 2023.”

Metas

Coordenado pela Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão (Seplag), o Plano de Metas é o principal instrumento de planejamento de curto prazo da Prefeitura e divide os órgãos municipais em sete áreas de resultado, como foi estabelecido pelo Plano Estratégico Niterói que Queremos.

Um dos destaques foram as ações da área “Niterói Inclusiva”, que tiveram o objetivo de proporcionar maior inclusão social e acessibilidade aos cidadãos. Foram entregues seis agências do Banco Social Arariboia, que são importantes para a manutenção e ampliação da Moeda Social Arariboia, que beneficia 31 mil famílias em situação de vulnerabilidade social.

Na área “Niterói Escolarizada e Inovadora”, houve a ampliação do ensino integral para crianças do Fundamental em escolas da Zona Norte, obras de reforma e manutenção de escolas, além da formação continuada de profissionais. Na Saúde, unidades do Programa Médico de Família estão sendo reformadas e modernizadas, além do PMF Baldeador, cuja reforma já foi finalizada.

To Top