Geral

Niterói realiza encontros públicos para o Centro Cultural da Zona Norte

Objetivo é ouvir a população e receber propostas para utilização do espaço | Foto: Bruno Eduardo Alves

A partir deste sábado, dia 26, os moradores de Niterói começaram a poder participar da Consulta Pública do futuro Centro Cultural Municipal da Zona Norte. Serão seis reuniões abertas, organizadas pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal das Culturas, para que a sociedade possa propor e apresentar o que quer do espaço cultural no Fonseca. O objetivo é ouvir as demandas da população, para que o Centro Cultural desenvolva sua vocação, ações e atividades, de acordo com as necessidades e expectativas do território. O calendário da consulta vai do próximo dia 26 até o dia 8 de dezembro. E os seis encontros acontecerão em diversos pontos da cidade, em datas e horários variados. Toda a população está convidada.

“Essa é uma etapa estratégica para o futuro Centro Cultural da Zona Norte. Todas as ações da SMC têm como premissa a participação popular nas tomadas de decisão”, afirma o secretário municipal das Culturas, Alexandre Santini. “O objetivo é aproximar os fazedores de cultura do território e todos os moradores para que se apropriem do local, do projeto, do processo de construção, e contribuam com ideias. De forma democrática, toda a população estará colaborando para que possamos ter um local que atenda às expectativas de quem vive na Zona Norte”.

O primeiro encontro, no próximo sábado (26), está marcado para às 9h, na Praça de Santa Bárbara. No domingo (27), também às 9h, a consulta pública será no Anfiteatro do Horto do Fonseca. Na próxima segunda (28), às 18h30, está programada uma reunião virtual com o Conselho Municipal de Políticas Culturais (CMPC). Os encontros continuam no dia 3 de dezembro, às 9h, na Lona Artur Maia, no Horto do Barreto. No dia 4, a consulta acontece no próprio casarão que abrigará o Centro Cultural da Zona Norte, às 9h. E a última reunião, no dia 8 de dezembro, às 10h, será no Campus IACS da UFF.

De acordo com a Secretaria das Culturas, Niterói possui uma concentração de instituições e equipamentos de cultura no eixo Centro – Zona Sul da cidade. O Centro Cultural da Zona Norte vai cumprir um papel fundamental de descentralizar a distribuição dos espaços, garantindo assim o direito à cultura para todos, conforme previsto na Constituição Federal, em Tratados Internacionais e na Carta de Direitos Culturais de Niterói.

Com 2 mil metros quadrados, o imóvel localizado na Alameda São Boaventura, no Fonseca, foi construído há mais de um século por um comerciante português – o registro do projeto no setor de Urbanismo do município foi feito há 110 anos -, e sempre pertenceu à mesma família, de sobrenome Mattos. Os donos viveram no local até o início dos anos 1990. Em agosto deste ano, a Prefeitura de Niterói conseguiu o direito de uso do espaço para a desapropriação. De lá pra cá, a Secretaria das Culturas vem trabalhando em um grande projeto para o desenvolvimento do espaço cultural, que será o primeiro Centro Cultural Municipal da Zona Norte.

Consulta Pública Centro Cultural da Zona Norte

  • 26/11 – 9h – Praça de Santa Bárbara
  • 27/11 – 9h – Horto Fonseca (Anfiteatro)
  • 28/11 – 18h30 – Reunião virtual do CMPC
  • 03/12 – 9h – Horto Barreto (Lona Artur Maia)
  • 04/12 – 9h – CCZN
  • 08/12 – 10h – UFF, Campus IACS (Sala Interartes)

Foto: Lucas Benevides

Divulgação

Foto: Lucas Benevides

Foto: Lucas Benevides

To Top