Em alta

Festival Niterói Cervejeiro 450 anos agita o Reserva Cultural durante o fim de semana

Fotos: Lucas Benevides

Começou nesta sexta-feira (25), no Reserva Cultural, o Festival Niterói Cervejeiro 450 anos. O evento vai até domingo (27), com uma programação que começa sempre ao meio-dia. A entrada é gratuita. O festival encerra as comemorações de 449 anos da cidade. Idealizado pela Prefeitura de Niterói com a comissão Niterói Cervejeiro, o festival tem o objetivo de incentivar o turismo gastronômico e aquecer o mercado de cervejas artesanais na cidade. O setor cervejeiro vem se expandindo em Niterói e se tornou destaque como uma atividade econômica importante. O festival tem cervejas de 15 fábricas de Niterói, que apresentam mais de 100 rótulos no evento.

O prefeito Axel Grael participou da abertura oficial do Festival Niterói Cervejeiro 450 anos e abriu a primeira cerveja do evento em um gesto simbólico. O prefeito destacou que o festival dá visibilidade para uma atividade que está crescendo na cidade.

“Esse movimento cervejeiro de Niterói ganhou impulso a partir de uma política pública que a cidade adotou na gestão do prefeito Rodrigo Neves. Uma política pública construída pela Prefeitura junto com as pessoas que atuam neste segmento. Esse evento é resultado desta parceria. Essa iniciativa promove a nossa cidade. Os nossos produtores de cerveja têm conquistado prêmios no Brasil e no exterior. Isso é motivo de orgulho pra gente. O trabalho empreendedor do setor gera empregos, renda e movimenta a nossa economia”, afirmou Axel Grael.

Além das cervejas artesanais, o Festival Niterói Cervejeiro 450 anos tem gastronomia de primeira linha. O evento possui ainda espaço para crianças e stands informativos da Neltur e dos parceiros Sebrae, Associação dos Cervejeiros Artesanais (Acerva), Escola de Cerveja, Firjan e Projeto do Curso Superior de Tecnologia em Hotelaria da Universidade Federal Fluminense (UFF).

A subsecretária de Desenvolvimento Econômico, Lindalva Cid, explicou que o objetivo é fazer com que o festival passe a fazer parte do calendário oficial de eventos de Niterói.

“Esse festival é para comemorar o sucesso de um programa que começou em 2017. Quando estávamos em um momento de expansão, veio a pandemia. Este evento foi pensado para aquecer o mercado e para o setor acreditar no apoio do poder público a essas iniciativas. Os produtores de Niterói sempre falaram que gostariam de um evento para mostrar a qualidade da cerveja feita na cidade. A ideia é que esse evento fique no calendário de Niterói para desenvolver o turismo gastronômico”, enfatizou Lindalva Cid.

A diretora financeira da Associação de Cervejeiros Artesanais de Niterói e São Gonçalo (Acerva), Fernanda Marques, disse que o mercado de cerveja artesanal em Niterói é variado, com produtos de estilos diferentes. Ela ressaltou que a atividade está em expansão na cidade.

“Os produtores de Niterói estudam muito e estão sempre se atualizando com o objetivo de aprimorar as cervejas que chegam até os consumidores. Estamos conseguindo cada vez mais lugares na cidade nos quais o público possa ter acesso a cervejas artesanais produzidas localmente. Então o festival é importante para dar um impulso ainda maior à nossa atividade”, explicou Fernanda Marques.

Ingresso solidário

A entrada no Festival Niterói Cervejeiro 450 anos é gratuita, porém o evento também é um ponto de doação de alimentos não perecíveis do Niterói Solidária. Através do programa, os alimentos arrecadados serão doados para famílias em situação de vulnerabilidade social.Para animar ainda mais a festa no Reserva Cultural, o Niterói Cervejeiro programou diversos shows musicais. Confira a programação:

  • 26/11 (Sábado)
    14h – Violúdico
    16h – Camacho
    18h – The Walking Band
    20h – Dr. Gori – Tributo ao Barão Vermelho
    21h15 – Comrua Cia. de Dança
    22h – Os Imortais – Tributo a Charlie Brown Jr.
  • 27/11 (Domingo)
    13h30 – Lekolé
    15h – Hi-On Heads
    17h – Va´a Surf Band
    19h – Bilhete Blues
    21h – Radial 80
To Top