Habitação

Niterói, a pérola fluminense à beira-mar atrai investimentos e novos projetos de luxo

Divulgação

Com mais de R$ 600 milhões em vendas em 12 meses, a SOTER Engenharia espera fechar 2022 um ano excepcional em vendas. Esse volume é resultado da comercialização de 230 unidades dos empreendimentos MUD 333, Mediterrâneo, Tarsila e The Edge, sendo três desses projetos de sucesso lançados nos últimos 12 meses. A estratégia da Soter em lançar imóveis de alto padrão em Niterói, a antiga capital do Estado do Rio de Janeiro, resultou em expressivos recordes de vendas.

A construtora registrou o mais alto VGV do mercado e contribuiu para modernizar o skyline da cidade banhada pela Baía de Guanabara e o Oceano Atlântico em perfeita harmonia com a natureza. A previsão da Soter é de crescimento ainda maior em 2023, consolidando a posição de Niterói entre as cidades brasileiras melhores para se morar.

A cidade também tem atraído investimentos em diferentes setores por ser o município mais escolarizado do país, segundo dados do INEP (Ministério da Educação), exibindo o maior índice de frequência escolar entre a população de 7 a 14 anos (97,52%). A média de anos de estudo chega a 9,5 com uma taxa de alfabetização de 96,4% na população acima de 15 anos.

Além desse fator importante para investidores, Niterói tem o Terceiro Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do país, segundo o PNUD. É uma das poucas cidades brasileiras a ter 100% de sua área atendida com fornecimento de água tratada e 75% dos dejetos coletados e tratados em uma ampla rede de esgoto que inclui cinco Estações de Tratamento.

To Top