Trânsito

Eleitores relatam operação conjunta na Ponte Rio-Niterói

Reprodução

Eleitores relataram neste domingo (30), dia de segundo turno das eleições presidenciais, uma operação conjunta do Exército e da PRF (Polícia Rodoviária Federal) na Ponte Rio-Niterói. Por volta das 16h03 (horário de Brasília), o tráfego seguia lento e demorava cerca de 40 minutos para atravessar no sentido Niterói —mais que o dobro do tempo normal do trajeto, de 13 minutos, de acordo com a concessionária EcoPonte. (Vídeos abaixo)

Na noite de ontem (29), o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ministro Alexandre de Moraes, proibiu a realização de qualquer operação da PRF, neste domingo (30) de segundo turno, que pudessem afetar o transporte público de eleitores, fosse pago ou gratuito, sob pena de responsabilização criminal do diretor-geral da corporação em caso de descumprimento.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) justificou a presença de militares do Exército na Ponte Rio-Niterói, neste domingo (30). A movimentação chamou a atenção de eleitores que transitam no local, e foi registrada em vídeos divulgados nas redes sociais. “O que está acontecendo é que no final da ponte, onde fica a nossa base, eles estão apenas verificando os veículos que estão passando. Pelos vídeos você pode ver que não tem nenhuma abordagem, mas o Exército está fazendo o monitoramento de veículos e a quantidade de pessoas que estão passando”, informou a assessoria de comunicação da PRF ao portal Metrópoles.



Imagem de câmera da Ecoponte às 15h38.







Eleitores relatam engarrafamento na Ponte, sentido Niterói na tarde deste domingo (30), de eleições.

To Top