Em alta

Campanha de vacinação antirrábica em Niterói é sucesso; saiba como vacinar seu pet

Quase 40 mil cachorros e gatos foram vacinados em quatro sábados. Quem não conseguiu vacinar seu pet, ainda pode fazê-lo | Foto: Luciana Carneiro

A Campanha de Vacinação Antirrábica Animal em Niterói foi um sucesso: a Secretaria Municipal de Saúde vacinou 37.728 cachorros e gatos a partir dos três meses de idade durante os quatro sábados programados para a imunização. Quem não conseguiu vacinar seu pet durante a campanha ainda tem como vacinar os bichinhos.

Foto: Luciana Carneiro

A Secretaria informou que o Centro de Controle de Zoonoses possui três locais permanentes de vacinação antirrábica animal: no Campo de São Bento, de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h, e aos sábados, das 8h às 13h; no Centro de Controle de Zoonoses, de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h; e no Horto do Barreto, de segunda a sexta-feira, das 09h às 16h, e aos sábados, das 8h às 13h.

O secretário municipal de Saúde de Niterói, Rodrigo Oliveira, considera um bom resultado de campanha e alerta para a importância da vacinação. “A secretaria realizou a campanha antirrábica anual e teve bons resultados. A vacina é segura e fundamental para proteção dos cães e gatos. Continuamos ofertando a imunização nos três pontos permanentes. Não deixe de levar seu cachorro ou gato para vacinar”, afirma.

A campanha foi dividida em quatro etapas, cada uma delas em uma região diferente da cidade, envolvendo cerca de 100 profissionais. No dia 24/09 a vacinação ocorreu na Região Praias da Baía, já no dia 08/10 foi a vez da Região Norte e no dia 15/10 a medida foi realizada na Região Oceânica. No último dia 22, a campanha ocorreu na Região de Pendotiba.

Como levar os animais

Os cães devem ser conduzidos por coleiras e, em casos de animais de grande porte, com focinheiras. Os gatos devem ser levados em caixas de transporte, como medida de segurança, evitando que fujam. A pessoa que for conduzir um animal para vacinar deve saber fazer a contenção e ter autoridade sobre ele. A contenção é de responsabilidade do condutor, cabendo ao vacinador apenas a aplicação da dose.

Raiva animal

A raiva é uma doença gravíssima que apresenta quase 100% de letalidade. No meio urbano ela pode ser transmitida principalmente por cães ou gatos. Até os anos 1980 ainda havia casos de raiva humana na cidade, transmitida por cães. A partir daí, quando foram instituídas as campanhas anuais de vacinação animal, ninguém mais morreu por essa doença no município.

To Top