Política

Leonardo Giordano e André Costa, comprometidos com a cultura, conversam com jornalistas e artistas de Niterói

Leonardo Giordano e André Costa recebem cópias do primeiro Plano de Cultura de Niterói e propostas das áreas da Comunicação e da Cultura de Mário Sousa e Elyzio Falcato | Foto: Adhemir Rebelo

O encontro entre Leonardo Giordano, candidato a deputado estadual e André Costa, candidato a deputado federal, com várias personalidades das áreas da Cultura e da Comunicação, foi bastante positivo e várias propostas foram apresentadas aos dois candidatos, que também apresentaram seus compromissos para os dois segmentos.

Nos documentos apresentados aos dois candidatos, são mencionadas entre outras propostas, a criação de uma Coordenação de Artes Cênicas no âmbito da Secretaria de Cultura da cidade, a criação dos Conselhos de municipal, estadual e Nacional de Comunicação e o resgate do Teatro Leopoldo Fróes como centro de ensaios e cursos na área teatral.

Leonardo Giordano fez um histórico sobre suas ações como ex-Secretário das Culturas de Niterói, que se consolidou como um destacado gestor cultural com recorde de investimentos no setor, inclusive durante a pandemia da Covid 19, garantindo o emprego e renda para os trabalhadores da cultura. Outra iniciativa de grande repercussão para os fazedores de arte na cidade foi a aprovação do Plano Municipal de Cultura.

Giordano falou ainda sobre a importância de uma política de fomento aos pequenos e médios produtores culturais em todo Estado, com recursos do Fundo Estadual de Cultura e a criação da Lei Estadual Aldir Blanc. André Costa, que é diplomata, destacou a importância do fomento da indústria criativa no País e no Estado do Rio de janeiro, com a criação de “distritos criativos”; a afirmação do Estado do Rio em um grande polo de “start-ups”; e o impulso da indústria audiovisual. André ressaltou que através da cooperação internacional, o Rio pode ser um importante centro de inovação em Ciência e Tecnologia.

O diretor de Teatro e gestor na área de Marketing, Elyzio Falcato destacou o trabalho de Leonardo Giordano à frente da Cultura, lembrando que ele ampliou as oportunidades dos trabalhadores da área de teatro através da implantação dos editais. “Uma política de resultado positivo por atender a diversidade de propostas e projetos” , disse Falcato. Elyzio lembrou de como foi criado o Fórum de Artes Cênicas de Niterói e que, na ocasião, foi entregue ao ex-prefeito Jorge Roberto Silveira, um documento com 21 propostas da classe teatral. “Muitas dessas propostas foram implementadas por Giordano”, disse.

Mário Sousa, presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro, entregou aos candidatos um documento sobre a área de Comunicação, ressaltando a criação dos Conselhos de Comunicação e a exigência de que qualquer veículo impresso ou online tenha um jornalista profissional responsável.

Mário, que também é diretor de teatro e escritor, fez um histórico dos ciclos da cultura na cidade, destacando a aprovação do Plano Municipal de Cultura e a Carta que define a Cultura como um Direito pelo ex-Secretário de Culturas, Leonardo Giordano.

O jornalista também fez um histórico sobre o teatro na cidade, lembrando da criação da Atacen – Associação dos Trabalhadores de Artes Cênicas da cidade e do Fórum de Artes Cênicas de Niterói, criado há 13 anos, com projetos que até hoje estão sendo realizados, como o Ciclo de Leitura Dramatizada e a Mostra de Teatro Infantil.

Os dois candidatos Leonardo Giordano e André Costa receberam três documentos. O primeiro sobre a criação e as 21 propostas do Fórum de Artes Cênicas de Niterói. O segundo documento, uma cópia do primeiro plano de Cultura aprovado em Niterói há 53 anos pelo então prefeito Emílio Abunaman. O terceiro sobre questões na área da Comunicação.

Leonardo e André também receberam um documento do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro, com 18 propostas, entre elas, a implantação dos Conselhos Municipais de Comunicação; instituição de editais para atender os projetos de fomentos de Mídia Comunitária; dentre outras propostas importantes para a classe.

To Top