Cidade

‘Vou de Canoa’ reúne crianças em ação de educação ambiental e esporte em Niterói

Com o apoio da Fundação Toyota do Brasil, o projeto atende pelo menos 500 crianças entre sete e 12 anos anualmente | Foto: Marco Teixeira

Em três anos de atividades na Região Oceânica de Niterói, o projeto “Vou de Canoa”, idealizado pela bióloga marinha Luiza Perin e coordenado pela gestora e cientista ambiental Ingrid Pereira, vem sensibilizando as crianças e adolescentes sobre a importância do cuidado com a natureza, ao usar ferramentas de educação ambiental para promover o resgate de uma relação harmoniosa do cidadão com o meio em que vive.

Apoiado pela Fundação Toyota do Brasil (FTB) – instituição sem fins lucrativos cujo compromisso é atuar com os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, o projeto tem a finalidade de gerar conhecimento por meio de exposições, palestras, aulas ao ar livre e experiências em remadas de canoa polinésia.

Para celebrar ao vivo o sucesso da parceria, o diretor-executivo da FTB, Otacílio do Nascimento, esteve com as crianças do projeto nessa terça-feira (27), para remar com elas e falar da importância da ação para a comunidade. “A Fundação Toyota foi criada em quatro pilares, que são os da conservação ambiental, educação, cultura e ajuda humanitária. A parceria com o ‘Vou de Canoa’ começou de maneira genuína, pois eles têm um olhar muito cuidadoso para a preservação ambiental, cidadania e dentro do projeto falamos bastante de cultura dentro da prática de esportes”, ressaltou.

Na manhã de terça (27), o projeto recebeu um grupo de alunos da Escola Municipal Djalma Coutinho, localizada no bairro Fonseca, em Niterói. A coordenadora do “Vou de Canoa”, Ingrid Pereira, ressaltou a alegria em ter as crianças participando da ação. Ela destacou também a importância de ter mantido o projeto de outra maneira, em decorrência da pandemia, com a distribuição de livros didáticos a estudantes da rede municipal, o que manteve o elo forte durante o período de isolamento.

Foto: Marco Teixeira

O “Vou de Canoa”, de acordo com Otacílio, é uma iniciativa que reforça cidadania, promoção da cultura e conservação ambiental. Segundo Luiza Perin, idealizadora do projeto, o objetivo maior é proporcionar experiências marcantes para as crianças, cujas sensações irão marcar a percepção e a sensibilidade delas por toda a vida. “São experiências que marcam mesmo todos os corações. A gente trabalha sempre com crianças diferentes, e isso é uma atividade extracurricular nas escolas. A gente gosta de fazer esse volume por entender que a experiência da canoa vai ficar marcada para sempre em suas vidas”, enfatiza.

Além de trabalhar a conscientização e sensibilização das crianças sobre o meio ambiente, Ingrid Campos, coordenadora do projeto e gestora de sustentabilidade da SGA Toyota, explica que, durante a atividade, também é explorada a individualidade de cada criança, para que elas vejam as diferenças entre elas como algo positivo. “Mostramos que, assim como as areias têm tipos de grãos e colorações diferentes e isso as torna ainda mais atraentes, a diversidade entre pessoas que por muitos é vista como um fator excludente, pelo contrário, traz ainda mais beleza à vida”, comentou.

Foto: Marco Teixeira

Para Ingrid, os objetivos da proposta são levar o incentivo à prática esportiva para crianças em situação de vulnerabilidade, além de gerar conhecimento sobre ciência e cultura oceânica, promover integração social, contribuir com reflexões sobre a relação homem-natureza e despertar nelas a valorização do bioma onde vivem”, disse.

A Fundação Toyota

Em 2009, a Toyota instituiu a Fundação Toyota do Brasil como forma de unificar seus esforços socioambientais, que começou com o Projeto Arara Azul em 1989, além de assumir um importante compromisso com o nosso país. A entidade possui o objetivo de promover a sustentabilidade com atividades de conservação, educação ambiental, ajuda humanitária e práticas de cidadania, atuando em causas ambientais que promovem o equilíbrio entre as áreas urbanas, rurais e silvestres. É uma instituição sem fins lucrativos que presta contas regularmente ao Ministério Público de todas as suas ações, conforme a legislação vigente.

To Top