Polícia

Polícia procura ex-presidente da Fundação de Educação de Niterói

Foto: Divulgação

Agentes da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) estão a procura de Fernando Soares da Cruz, ex-presidente da Fundação de Educação de Niterói, para cumprir um mandado de prisão preventiva contra o mesmo. Fernando é considerado foragido e tem contra ele um mandado de prisão em aberto por ameaça contra a ex-mulher. O ex-presidente da fundação foi exonerado do cargo que ocupava nesta quarta-feira (21).

Os agentes estiveram na Fundação de Educação de Niterói hoje pela manhã, mas não o encontraram. Os policiais também estiveram em outros endereços relacionados a Fernando.

 

Procurada a Fundação Municipal de Educação se manifestou em nota, “A Fundação Municipal de Educação informa que Fernando Soares da Cruz não faz mais parte dos quadros da instituição. A exoneração, a pedido, foi publicada nesta quarta-feira (21), no Diário Oficial do Município. A FME não foi comunicada oficialmente sobre a acusação levantada pela reportagem. No entanto, reitera a confiança na Justiça e espera que o caso seja elucidado com celeridade. A Prefeitura de Niterói reafirma que não coaduna com nenhum tipo de violência, e trabalha junto a rede local de proteção às mulheres, através da CODIM que já está acompanhando o caso e oferecendo acolhida e todos os atendimentos disponíveis. A Prefeitura desenvolve políticas públicas de enfrentamento à violência contra as mulheres na cidade, com programas como o Auxílio Social e o Mulher Líder, e mantém três equipamentos que realizam o atendimento direto às mulheres: o Centro Especializado de Atendimento à Mulher Neuza Santos (CEAM), no Centro de Niterói, a Sala Lilás, no Posto Regional de Polícia Técnica Científica (PRPTC), no Barreto, e o Núcleo de Atendimento à Mulher (NUAM), no Plaza Shopping.”

To Top