Meio ambiente

VÍDEOS: Guardas de Niterói desmontam acampamentos clandestinos em área do Parnit

Os agentes receberam denúncias através do Cisp e estão intensificando as fiscalizações para evitar invasões em áreas de preservação.

Agentes da Coordenadoria Ambiental da Guarda Municipal de Niterói desmontaram na manhã desta segunda-feira (19) dois acampamentos clandestinos que haviam sido fixados a cerca de 300 metros da entrada do Parque Natural Municipal de Niterói (Parnit), nos limites do bairro de Maceió, em área de mata fechada. Foram encontradas lonas, tendas e lençóis que foram recolhidos. A fiscalização no local vem sendo intensificada com objetivo de evitar a degradação da fauna e flora. Denúncias podem ser feitas através do número 153 que atende no Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp). (Vídeos abaixo)

Os Guardas Ambientais chegaram até o local acompanhados de voluntários que, auxiliam no monitoramento do Parque e do diretor de uso público do parque, responsável pelo monitoramento do local e coordenação de voluntários, o ambientalista Alex Figueredo. A suspeita do grupo é que o acampamento tenha sido montado pelos chamados “passarinheiros” com o objetivo de capturar animais para venda.

“Um turista que fazia trilha nos avisou e acionamos o Cisp de imediato e a Guarda Ambiental que tem sede no Parque. Temos uma rede de proteção muito boa que inclui montanhistas, voluntários e a guarda. Estamos atentos e qualquer coisa fora da anormalidade prontos para agir. Tem quatro anos que não aparece nada nesse sentido nos limites do Parque, e se aparecer novamente vamos retirar” disse Alex Figueredo.

Com treinamento especializado que inclui armas não letais, os Guardas Ambientais utilizaram sparks durante o trajeto com o objetivo de garantir a integridade da equipe enquanto os acampamentos eram desmontados . “Assim que fomos noticiados partimos para o local. Nossa fiscalização é intensa na área e provavelmente eles tentaram se esconder numa região achando que ninguém passaria. O Parnit é uma das principais áreas de proteção a cidade e estamos atentos” disse Renato Macedo coordenador da Guarda Ambiental.

To Top