Cidade

Niterói lança nova ferramenta para orientar mulheres em situação de violência

CODIM | Arquivo

As mulheres de Niterói passaram a contar com mais uma ferramenta para auxiliar no combate à violência doméstica. O site oficial da Coordenadoria de Políticas e Direitos das Mulheres (Codim), codim.niteroi.rj.gov.br, foi lançado em evento organizado pela Prefeitura de Niterói, no auditório do prédio da coordenadoria, no Caminho Niemeyer.

Além de reunir conteúdos que orientam as mulheres em situação de violência, o site também fornece informações sobre o funcionamento dos cinco eixos de atuação da Codim: Dados e Comunicação; Diversidade; Empreendedorismo; Enfrentamento da Violência e Saúde, Maternar e Bem-Estar.

“A criação do site oficial da Codim é um importante passo para a divulgação das nossas políticas de atuação para a proteção e empoderamento das mulheres. Vamos ter mais um canal para disseminar informações importantes como o Auxílio Social, por exemplo, que disponibiliza o valor de R$ 1.005,08 por mês, durante um ano, para as mulheres em situação de violência. Essa iniciativa garante a elas a possibilidade de romper com o ciclo de agressão e representa uma porta de saída e esperança para que essa vítima consiga escrever um novo e promissor capítulo da sua história”, ressalta Fernanda Sixel, secretária da Coordenadoria de Direitos e Políticas das Mulheres.

O site também conta com o recurso do chatbot e um botão “Busque Ajuda”, em que é possível encontrar o caminho para denunciar a violência doméstica ou de gênero e obter acolhimento. “Inserimos também informações que explicam o ciclo da violência e as formas como ela pode se manifestar, no intuito de que as mulheres reconheçam e denunciem casos de violência que não apenas a física, mas também a psicológica/moral, financeira e sexual. O chatbot também pode guiar para as informações mais procuradas, como a solicitação do Auxílio Social, por exemplo”, explica a secretária.

Além do lançamento do site, também foi divulgado o projeto ObservaNit Mulher, em parceria com a Subsecretaria de Avaliação e Gestão da Informação de Políticas Públicas (SSAGI/SEPLAG). Ele consiste em um painel de visualização dos dados de atendimento da Codim para facilitar a busca de pesquisadores que desejem ter acesso e embasar seus estudos com dados consistentes sobre a violência contra a mulher em Niterói. Tanto o site quanto o painel são ferramentas de transparência do trabalho da Coordenadoria.

Serviços de atendimento à mulher da Prefeitura de Niterói

Niterói – Centro Especializado de Atendimento à Mulher Neuza Santos
Endereço: Rua Cônsul Francisco Cruz, 49, Centro. Telefones: 21 96992-6557 / 21 2719-3047 (whatsapp). Codim: 21 98321-0548.

Núcleo de Atendimento à Mulher (Nuam), piso G4 do Plaza Shopping Niterói, no Centro, de segunda a sábado, das 12h às 18 horas.

Como Denunciar a Violência Doméstica em Niterói

– Ligue 180 (Grátis/24h) – Central de Atendimento à Mulher
– Ligue 153 (Grátis/24h) – CISP – Centro Integrado de Segurança Pública
– Conselho Municipal de Políticas para as Mulheres – (21) 2719-3047
– Disque 190 (Grátis/24h) – Polícia Militar
– Defensoria da Vara de Família – (21) 2719-2743
– Juizado da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher (21) 2716-4562/4563/4564
– SOS Mulher Casos de Violência Sexual – Hospital Universitário Antônio Pedro / HUAP – (21) 2629-9073
– Programa de Atenção Integral à Saúde da Mulher – (21) 2613-0593
– Policlínica de Especialidades da Mulher Malu Sampaio – (21) 2621-2302/1109
– DEAM Niterói (24h/presencial) – Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher – Av. Ernani do Amaral Peixoto, 577, 3º andar – Centro
– Disque Denúncia (24h exceto domingos e feriados/ somente denúncia anônima) – (21) 99973-1177 (whatsapp exclusivo Niterói) / (21) 2253-1177

To Top