Agenda

Niterói recebe espetáculo de Deborah Colker

Companhia de dança se apresenta neste final de semana, no Teatro Popular | Foto: Cafi

Niterói recebe, neste fim de semana, a Companhia de Dança da bailarina e coreógrafa Deborah Colker, com o espetáculo “Cão Sem Plumas”, que terá duas apresentações no Teatro Popular Oscar Niemeyer: no sábado (10), às 20h, e no domingo (11), às 19h. As vendas dos ingressos estão sendo feitas na bilheteria do teatro ou pelo site Sympla.

O espetáculo é realizado pelo Instituto Cultural Vale, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, e conta com patrocínio da Prefeitura do Rio de Janeiro, através da Secretaria Municipal de Cultura, com apoio da Prefeitura de Niterói, por meio da Secretaria Municipal das Culturas.

De acordo com o secretário das Culturas de Niterói, Alexandre Santini, é uma alegria receber um espetáculo de alta qualidade como este na cidade, com preço popular. “É um orgulho muito grande para Niterói receber um espetáculo da coreógrafa e bailarina Deborah Colker, de uma companhia com projeção nacional e internacional, a preço popular, em um equipamento público. É mais uma ação da gestão cultural da cidade, que, além de movimentar a economia da cultura, traz grandes referências da cena artística para o município. Essa consagrada companhia dirigida pela Deborah sempre emociona com um olhar sensível e coreografias intensas. Um grande encontro das artes, com poesia, teatro, dança, performance e muito mais. Um evento imperdível.”

Baseado no poema homônimo de João Cabral de Melo Neto, publicado em 1950, a obra acompanha o percurso do rio Capibaribe, que corta boa parte do estado de Pernambuco, inclusive o Recife. O espetáculo, como o poema, mostra a pobreza da população ribeirinha, o descaso das elites, a vida no mangue, de “força invencível e anônima”.

“O espetáculo é sobre coisas inconcebíveis, que não deveriam ser permitidas. É contra a ignorância humana. Destruir a natureza, as crianças, o que é cheio de vida”, diz Deborah.

“Cão Sem Plumas” recebeu um dos mais importantes prêmios da dança mundial, o “Prix Benois de la Danse”, em 2018, na categoria coreografia. Deborah Colker faz em Cão Sem Plumas seu primeiro espetáculo de temática explicitamente brasileira. A estreia aconteceu em 3 de junho de 2017, no Teatro Guararapes, no Recife.

A dança se mistura com o cinema. Cenas de um filme realizado por Deborah e pelo pernambucano Cláudio Assis – diretor de longas-metragens como Amarelo Manga, Febre do Rato e Big Jato – são projetadas no fundo do palco e dialogam com os corpos dos 14 bailarinos. As imagens foram registradas em novembro de 2016, quando coreógrafa, o cineasta e toda a companhia viajaram durante 24 dias, do limite entre sertão e agreste até o Recife. A jornada também foi documentada pelo fotógrafo Cafi, nascido em Pernambuco.

Na trilha sonora original, estão mais dois pernambucanos: Jorge Dü Peixe, da banda Nação Zumbi e um dos expoentes do movimento Mangue Beat, e Lirinha (cantor do Cordel do Fogo Encantado, poeta e ator), além do carioca Berna Ceppas, que acompanha Deborah desde o trabalho de estreia, Vulcão (1994). Outros tradicionais parceiros estão na cenografia e direção de arte (Gringo Cardia) e na iluminação (Jorginho de Carvalho). Os figurinos são de Claudia Kopke. A direção executiva é de João Elias, fundador da companhia.

Sucesso de público

O espetáculo já foi apresentado em mais de 30 cidades brasileiras, tendo reunido um público de mais de 150 mil pessoas, e, internacionalmente, nos Estados Unidos, Argentina, França, Reino Unido, Alemanha e Uruguai.

Cão Sem Plumas

Local: Teatro Popular Oscar Niemeyer
Datas e horários: 10 de setembro (às 20h) e 11 de setembro (às 19h)
Duração: 1h10
Vendas: bilheteria do Teatro ou pelo Sympla
Preço: R$ 50
Classificação: Livre

To Top