Política

Binho Guimarães assume a Secretaria da Região Oceânica de Niterói

Foto: Sergio Bonelli

O vereador Binho Guimarães (PDT) assumiu na última segunda-feira (23), em cerimônia realizada na Escola Municipal Francisco Portugal Neves, a Secretaria da Região Oceânica, em substituição a Rubens BranquinhoBinho assinou o termo de posse e afirmou que sua missão será dar continuidade aos projetos que a Prefeitura de Niterói vem realizando na região e reiterou que vai trabalhar para estimular o emprego entre os jovens da região.

O prefeito Axel Grael falou sobre a importância de ter Binho Guimarães como novo secretário da Região Oceânica, “A meu convite, ele parte para esse desafio importante, que dará continuidade aos projetos da Região Oceânica. O Binho tem capacidade de liderança, competência e tenho certeza de que ele trabalhará muito por uma belíssima gestão. Ele conhece há muito os principais interlocutores locais, líderes comunitários, sendo uma pessoa que busca, estuda e já conhece os projetos que estamos desenvolvendo aqui. Não é de agora sua aproximação com as ações da Região Oceânica. Ele será a pessoa certa no momento certo”.

Foto: Sergio Bonelli

Grael, lembrou que a prefeitura vai investir, até o fim de 2024, R$ 2 bilhões em obras e infraestrutura em toda a cidade. Além disso, destacou que a Região Oceânica está se tornando uma referência em sustentabilidade urbana e que as transformações e melhorias continuarão acontecendo. “Antes mesmo de ser prefeito de Niterói eu já empunhava bandeiras e sonhava em tirar do papel obras que a população esperava e que muitos não acreditavam que pudessem se tornar realidade. Quem duvidou está vendo o que estamos fazendo, ouvindo a população e unindo forças entre Executivo e Legislativo de forma integrada e harmônica. O Binho é combativo, morador da região e conhece todos os projetos. Vai ajudar a finalizar alguns desses projetos e a tocar outras iniciativas que virão”, afirmou o prefeito.

Foto: Sergio Bonelli

Binho se licencia do seu mandato na Câmara Legislativa para trabalhar pela Região Oceânica, parte da cidade na qual reside há 26, dos seus 31 anos. “É um enorme desafio, a Região Oceânica conta com mais de 12 bairros e 130 mil habitantes. Sei que não podemos prometer apenas acertos, pois qualquer gestor está sujeito a erros, mas o que não pode deixar dúvidas é sobre a nossa vontade de melhorar, proteger e organizar a Região Oceânica. Trabalharemos muito para isso”, afirmou.




Binho Guimarães é advogado formado pela UFF, foi coordenador da Juventude de Niterói entre 2017 e 2020 e desde o ano passado atua na Câmara Legislativa como líder de partido e presidente da Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia e Formação Profissional. “Tivemos uma enorme responsabilidade na presidência da Comissão de Educação, mas cumprimos a missão de promoção do debate sobre a necessidade de retorno às aulas e de defesa da reabertura das escolas durante a pandemia, algo que se provou correto por inúmeros estudos e os próprios dados acerca das taxas de ocupação e contaminação. Seja na Câmara de Vereadores, seja no Poder Executivo, a Educação continuará sendo nossa obsessão. Justamente por isso, nosso mandato apresentou mais 28 milhões de reais em emendas para a Educação de Niterói, sendo essa uma contribuição importante que nos orgulha ao longo desse período”, detalhou o secretário.

Foto: Sergio Bonelli

Binho também falou sobre obras importantes para a região, “Estamos com nosso grupo promovendo uma grande transformação na Região Oceânica e isso é fruto de muito trabalho e dedicação. Quando a prefeitura escolhe dragar e asfaltar isso é uma questão de boa política pública. Vamos estar aqui para dar continuidade a obras como as do Engenho do Mato e Vale Feliz. Vamos fazer a rotatória de Camboinhas, entregar as obras do Mar Alegre e tantas outras assim, como instalação de uma unidade do Samu na Policlínica de Itaipu, e a renaturalização do Rio Jacaré. Vamos continuar fortalecendo as políticas públicas para a juventude, em especial na Região Oceânica”, destacou.

O novo Secretário listou as principais ações a serem realizadas em sua gestão: A modernização das unidades de saúde da região, a nova policlínica de Piratininga, a expansão do Programa Médico de Família no Cafubá, e também a implementação do SAMU da Região Oceânica na policlínica de Itaipu.




No campo da empregabilidade, de acordo com o secretário, será criado o primeiro banco de oportunidades regionalizado, que promete fortalecer as políticas para a juventude na região. Binho Guimarães é o autor da Lei Municipal nº 3.620 que criou o programa Meu Primeiro Emprego em Niterói, que prevê o estímulo aos comerciantes e empresários locais na contratação de jovens em busca pelo primeiro emprego.

Outra conquista do seu mandato voltada para a região é a implementação da plataforma urbana digital da Região Oceânica que foi alcançada por meio da emenda de R$ 9 milhões à lei orçamentária anual de autoria própria e que será construída.




Já na Educação, outra forte área de atuação do seu mandato na Câmara, ainda de acordo com o secretário, será implementado o novo colégio Fagundes Varela, no Engenho do Mato, que passará a oferecer o segundo ciclo. Também será desenvolvida uma política regional para o contraturno escolar, para que seja fortalecida a educação em tempo integral.

A solenidade de posse contou com os seguintes secretários municipais, Renato Barandier (Urbanismo e Mobilidade), Dayse Monassa (Conservação e Serviços Públicos), Vicente Temperini (Obras), Bira Marques (Secretaria-Executiva), Rafael Robertson (Meio Ambiente, Sustentabilidade e Recursos Hídricos), Rodrigo Oliveira (Saúde), Marilia Ortiz (Fazenda), Dionê Castro, coordenadora do PRO-SUSTENTÁVEL, Luiz Fróes, presidente da Companhia de Limpeza de Niterói (CLIN), além do presidente da Câmara, vereador Milton Cal, e do deputado federal Chico D’Angelo, lideranças comunitárias, representantes das associações de moradores da região, entre outros.

To Top