Niterói inaugura a ciclovia da Avenida Professor João Brasil
Cidade

Niterói inaugura a ciclovia da Avenida Professor João Brasil

Foto: Bruno Eduardo Alves | Ciclovia João Brasil

A Prefeitura de Niterói concluiu nesta semana mais uma etapa da expansão da malha cicloviária na Região Norte de Niterói, com a inauguração da ciclovia da Avenida Professor João Brasil. A Coordenadoria Niterói de Bicicleta, em parceria com a NitTrans e a Administração Regional da Engenhoca, elaboraram o projeto que vai implantar 2,5km de malha cicloviária segregada ao longo de toda a via, conectando o bairro da Engenhoca ao Fonseca e à Venda da Cruz.

Para marcar a inauguração da ciclovia, o prefeito Axel Grael, acompanhado da primeira-dama Christa Vogel Grael, participou de um passeio ciclístico com saindo do Bicicletário Arariboia, no Centro. O trajeto incluiu a Avenida Amaral Peixoto, Av. Marquês de Paraná, passa pelas ruas São Lourenço, Carlos Maximiano e Magnólia Brasil, terminando na Avenida Professor João Brasil.

Foto: Bruno Eduardo Alves | Ciclovia João Brasil




O prefeito Axel Grael falou da importância de estimular cada vez mais o uso de bicicleta e afirmou que é cada vez mais frequente o uso de bicicletas pelo niteroiense para trabalhar e não somente para o lazer.

“Quanto mais gente usar, mais segura e mais consolidada será a ciclovia. A Região Norte ganhou a ciclovia. Estamos atuando para trabalhar a mobilidade de ponta a ponta na cidade e além desse investimento existem outros projetos da mesma forma que fizemos no Centro, Icaraí e Região Oceânica. Assim a cidade ganha como um todo. Uma bicicleta pode ser um carro a menos nas ruas, menos engarrafamento e emissões atmosféricas diminuindo os efeitos climáticos. Assim, cada um faz a sua parte, como Niterói está fazendo”, destacou o prefeito.




O prefeito ressaltou ainda que, junto com o crescimento das ciclovias, estão surgindo novos negócios como cicles, lojas, bikes cafés e que todos ganham também com o ordenamento do bairro e oportunidades de trabalho. Responsável pela Coordenadoria Niterói de Bicicleta, Filipe Simões destacou que foram incluídos elementos de segregação para garantir a segurança de ciclistas, motoristas e pedestres, além da requalificação do projeto de sinalização vertical.

“Estamos em processo acelerado de expansão da malha cicloviária, com o objetivo de estimular ainda mais este transporte sustentável, prático e de baixo custo. Em outubro do ano passado, foi implantada a ciclofaixa no Barreto, conectando a rua Benjamin Constant à praça Flávio Palmier. Para a Avenida Professor João Brasil, a Coordenadoria Niterói de Bicicleta desenvolveu um projeto de ciclovia. com apoio da Administração Regional da Engenhoca e da NitTrans, tendo a segurança viária como foco. Esta obra é parte da implantação de uma malha cicloviária mais segura para a Zona Norte e integra o Plano Niterói 450 anos”, afirmou.




De acordo com Filipe Simões, o projeto da ciclovia da Avenida Professor João Brasil se integrará à futura ciclovia da Alameda São Boaventura, permitindo o deslocamento mais seguro e confortável dos bairros até a região central do município.

“Trabalho em equipe é a chave para o sucesso de qualquer projeto. Nittrans e Niterói de Bicicleta estão dialogando sobre as melhores alternativas para integrar a mobilidade ativa com segurança no dia a dia da população”, reforça a diretora de planejamento da NitTrans, Amanda Machado.




Também presente, o secretário municipal do Clima, Luciano Paez, falou sobre os avanços de Niterói.

“Niterói é uma cidade que está se adaptando aos eventos climáticos e trabalhando para mitigar os gases de efeito estufa. Com a bicicleta se reduz emissão de carbono, o que é fundamental nos dias atuais. Integrar a região norte neste circuito é essencial para proteger a população”, explicou.

To Top
Secured By miniOrange